Tamanho do texto

Técnico disse que argentino se negou a entrar em campo e atacante terá conduta analisada pela diretoria

Atacante nega recusa em jogar, mas atrito com técnico rendeu suspensão
Getty Images
Atacante nega recusa em jogar, mas atrito com técnico rendeu suspensão
Um dia depois de o argentino Carlos Tevez se negar a entrar em campo na derrota por 2 a 0 para o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões , a diretoria do Manchester City oficializou uma suspensão ao atacante. Isso mesmo depois de Tevez ter afirmado que tudo não passou de um mal entendido e que ele está "pronto para jogar quando for necessário".

Leia tudo sobre a Liga dos Campeões 2011/2012

"O Manchester City confirma que o atacante Carlos Tevez foi suspenso, até novo aviso, por um período máximo de até duas semanas. A suspensão do jogador depende de uma análise completa de sua conduta durante a derrota por 2 a 0 para o Bayern de Munique na noite de terça-feira. O atleta não será relacionado ou participará de treinos com o time enquanto essa análise não for concluída", afirmou o clube em nota oficial.

O episódio da suposta recusa de Tevez aconteceu quando o City já perdia por 2 a 0 e o técnico italiano Roberto Mancini chamou o argentino para entrar em campo. O atacante teria simplesmente se negado a jogar, o que revoltou o treinador.

"Não posso aceitar um atleta se negando a jogar, é uma situação ruim. Tevez não irá jogar pelo clube de novo", afirmou o técnico na entrevista coletiva após a partida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.