Tamanho do texto

Com grandes atuações de David Silva e Balotelli, o time de Roberto Mancini aplicou 6 a 1 e fez história na casa do maior rival

Reuters
"Por que sempre eu?", perguntou Balotelli, após fazer seu primeiro gol
Além da rivalidade histórica entre as duas equipes da cidade de Manchester, no noroeste da Inglaterra, o clássico entre Manchester United e Manchester City disputado na manhã deste domingo no Old Trafford, estádio dos "Diabos Vermelhos", valia também a primeira colocação do Campeonato Inglês . Portanto, a expectativa era grande. E o que aconteceu em campo de fato entrou para a história.

Ratificando a sua superioridade nestas primeiras rodadas da competição, o City aplicou uma goleada memorável sobre os donos da casa, por 6 a 1, e consolidou a liderança na competição, agora com 25 pontos. Já o United permanece na segunda colocação com 20, à frente do Chelsea , que perdeu para o Queens Park Rangers neste domingo.

Veja como ficou a tabela atualizada do Campeonato Inglês

Como já era esperado, o duelo de Manchesters foi bastante equilibrado, pelo menos na primeira etapa, quando as duas equipes conseguiram desenvolver boas jogadas. Mas só o City foi eficiente, inaugurando o marcador aos 20 minutos, quando o atacante italiano Mário Balotelli bateu colocado, no canto esquerdo do goleiro De Gea, rente à trave.

No retorno do intervalo, o United teve um jogador expulso aos dois minutos: Evans foi mais cedo para o vestiário depois de segurar Balotelli, que ia entrar na área em condições claras de gol. Os "Diabos Vermelhos" sentiram a expulsão e o City foi superior durante toda a segunda etapa.

Evans, à direita, foi expulso e complicou ainda mais o jogo para o Manchester United
Getty Images
Evans, à direita, foi expulso e complicou ainda mais o jogo para o Manchester United

O segundo do time de uniforme azul foi convertido também por "Super Mário", que teve apenas o trabalho de empurrar pra rede depois de bela troca de passes entre David Silva e Milner. O terceiro gol dos visitantes também nasceu em uma jogada de toque de bola de qualidade, mas quem converteu foi o argentino Aguero.

O gol de honra do time da casa saiu aos 35 da segunda etapa, convertido por Darren Fletcher, após tabela com Chicharito. Com medo da reação do time da casa, o City adiantou a marcação e passou a se defender mais nos minutos finais da partida, o que não intimidou o potencial ofensivo da equipe, que foi arrasadora nos minutos finais.

Veja as comemorações de todos gols do City e mais fotos do jogo:

Aos 44 minutos, Dzeko aproveitou a bola alçada na pequena área e, de joelho, fez o quarto do City. Sem dar tempo para o time da casa respirar, David Silva, no contra-ataque, marcou o quinto dos visitantes e, para fechar a goleada, Edin Dzeko, já nos acréscimos, marcou o sexto e selou a goleada do City na casa do maior rival, por 6 a 1.

Leia também: Balotelli vê clássico de Manchester se tornar o maior do mundo

Na próxima rodada, o Manchester United vai ao Goodison Park enfrentar o Everton, no sábado. No mesmo dia, o City recebe o Wolverhampton Wanderers no Etihad Stadium.

Também neste domingo, jogando em casa, o Arsenal venceu o Stoke City, por 3 a 1. Os gols do time comandado por Wenger foram convertidos por Gervinho e Van Persie, que marcou duas vezes, e Peter Crouch converteu o dos visitantes. Com o resultado, o Arsenal chegou aos onze pontos e começa a reagir na competição, enquanto o Stoke City, com 12 pontos, continua sonhando com as primeiras posições.

Abaixo todas as partidas da nona rodada do Campeonato Inglês (horário de Brasília):

Sábado
Wolverhampton 2 x 2 Swansea
Aston Villa 1 x 2 West Brom
Bolton 0 x 2 Sunderland
Newcastle 1 x 0 Wigan
Liverpool 1 x 1 Norwich

Domingo
Arsenal 3 x 1 Stoke
Fulham 1 x 3 Everton
Manchester United 1 x 6 Manchester City
Blackburn 1 x 2 Tottenham
QPR 1 x 0 Chelsea

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.