Tamanho do texto

Torcida do Botafogo fez abaixo-assinado pedindo saída de gerente de futebol, mas meia minimiza crise

Se a torcida pede a saída do gerente de futebol do Botafogo , Anderson Barros, e contesta o planejamento da diretoria do Botafogo para a chegada de reforços, ao menos dentro do clube o dirigente continua prestigiado. Na última terça-feira, o meia Maicosuel falou com a imprensa sobre a estreia do Botafogo com derrota no Campeonato Brasileiro, mas aproveitou para defender Anderson Barros das criticas dos torcedores.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"A gente sabe como esse grupo batalha demais. Muitos jogadores vão disputar o primeiro Brasileirão, eles vão se adaptar e darão alegrias ao torcedor. Acho que existe uma pressão grande em cima do Anderson Barros, estão pegando pesado com ele. É só pensar o que era o Botafogo antes e o que ele é hoje. É uma pessoa de caráter único e que admiro muito como profissional também", declarou o jogador do Botafogo.

Irritados com a declaração do dirigente, que admitiu erro no planejamento do clube para se reforçar , torcedores fizeram um abaixo-assinado na última terça-feira. Porém, Maicosuel acredita que a torcida apenas tem reagido aos maus resultados e passará a apoiar funcionários e jogadores quando as vitórias começarem a acontecer.

"O torcedor age muito mais com a emoção. Se o resultado não vier, vão cobrar mesmo. Mas o grupo é forte e estou tranquilo. Sempre vou ressaltar o trabalho que essa gestão está fazendo. Nunca tive problema nenhum com pagamentos, com nada. Ela (a diretoria) vem cumprindo com a palavra sempre. Acho que temos que esquecer fora de campo, trabalhar e começar a colher os resultados", disse o Maicosuel

Os próximos dias devem amenizar a relação do gerente de futebol com a torcida do Botafogo. O clube deve anunciar a contratação do meia Elkeson, que pertencia ao Vitória, e do atacante Reis, que estava no Cruzeiro. Além deles, o Botafogo também trabalha para anunciar um zagueiro. Adaílton, que atualmente defende o Sion, da Suíça, e Gustavo, ex-Palmeiras e atualmente no Lecce, da Itália, são os nomes mais fortes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.