Tamanho do texto

Intensidade de treinos em semana sem jogo terá reflexo contra o Cerâmica

Luxemburgo conversou com grupo do Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Luxemburgo conversou com grupo do Grêmio
Foi uma semana sem jogo, portanto, dedicada apenas aos treinos. Em três dias, o grupo trabalhou em dois turnos. E tal circunstância terá duplo reflexo contra o Cerâmica, domingo, às 16h, em Gravataí, na abertura do segundo turno do Gauchão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Se o Grêmio conseguiu tempo para aprimorar a equipe, Vanderlei Luxemburgo também observou o grupo e identificou carências e qualidades. Mas a intensidade dos trabalhos preocupa. Há o temor do time ficar “preso” em campo.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“O trabalho foi duro e pesado. Foi com muita cobrança para se aproximar ao máximo do jogo. Os jogadores, às vezes, levam sustos pela cobrança, mas é adaptação. A tendência é que o time sinta o jogo, fique preso. Pode ser em função dos dois turnos de trabalho nos três dias", falou o treinador.

O Grêmio atuou pela última fez no domingo, quando empatou com o Caxias no tempo normal e perdeu nos pênaltis. Foi eliminado do primeiro turno estadual.

"Espero que o time mostre evolução. Estamos trabalhando para isso", completou Luxa.

A escalação está definida com Gilberto Silva na zaga e André Lima, no ataque. O último treino é na manhã deste sábado.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.