Tamanho do texto

Atual técnico do São Paulo foi o primeiro a convocar o centroavante para a seleção brasileira

Emerson Leão é uma das muitas pessoas que já confiaram em Adriano . Quando estava na seleção brasileira , o atual treinador do São Paulo foi o responsável pela primeira convocação da carreira do centroavante. Também por isso, continua a incentivar a recuperação do atleta do Corinthians .

Leia também: Tite rebaixa Adriano e diz que ele só volta quando entrar em forma

"Pior do que a falta de conscientização, é o Adriano ter sofrido uma lesão grave com a idade e com o peso que está. Todos torcemos pela recuperação. Emagrecendo, adquirindo massa muscular, ele terá mais tranquilidade com o tendão dele. Se eu fiz um regime, por que ele não pode?", comentou Leão, em participação no programa Mesa Redonda , da TV Gazeta .

O técnico se referiu à cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo, por que passou Adriano no ano passado. O centroavante jamais entrou em forma desde então e ainda voltou a pecar disciplinarmente. Na semana passada, faltou a treinamento do Corinthians , foi multado e virou alvo de muita contestação de torcedores .

Relembre: Sem paciência, corintianos hostilizam Adriano antes de amistoso

Leão ainda consegue se lembrar da época em que Adriano despontava como um jogador exemplar, como quando o convocou para o confronto entre Brasil e Colômbia, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. Em 15 de novembro de 2000, em jogo com muito protesto da torcida que foi ao Morumbi, o então centroavante do Flamengo participou da vitória por 1 a 0 (gol de Roque Júnior) ao substituir o ex-são-paulino França.

"Ele era um jovem com uma qualidade maravilhosa, de 1,90 m, canhoto e com o respeito de todo mundo. Não fazem mais centroavantes desse tipo", disse Leão , antes de se virar para a câmera, tentando se dirigir diretamente ao seu ex-comandado. " Adriano , por todos aqueles que acreditaram em você, mostre que ainda podemos acreditar."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.