Tamanho do texto

Atacante afirmou que equipe que foi campeã paulista há três anos tinha mais técnica, mas menos garra

Presente na conquista do Campeonato Paulista de 2008, Kleber traça comparações entre o  Palmeiras daquela época e o de 2011. Segundo o atacante, a equipe de Felipão atualmente só está na liderança por causa da amizade entre os jogadores. Já há três anos, a técnica era predominante.

Para ele, a falta de qualidade em algumas jogadas do atual elenco é compensada com a vontade de ganhar e pela união que existe entre os atletas fora de campo.

“Em 2008, nosso time era melhor tecnicamente. Mas também a gente não tinha a mesma determinação que temos hoje. Em 2008, a amizade era até a mesma e eu acho que isso ajuda muito. Os jogadores que têm amizade fora de campo acabam se unindo mais dentro de campo. Isso ajuda muito”, explica o camisa 30.

Kleber afirma que o time atual tem muitas peças no mesmo nível e que as substituições que acontecem no time não diminuem a qualidade de jogo no Paulistão. Até por isso, o Palmeiras está na 1ª colocação mesmo sem grandes estrelas.

O camisa 30, aliás, discorda que os palmeirenses estão com carência de grandes nomes, principalmente após a chegada de Luís Fabiano no São Paulo, Adriano no Corinthians e a badalação que a dupla Neymar e Paulo Henrique Ganso causa no Santos.

“Eu discordo um pouco disso. A torcida do Palmeiras tem um carinho bem grande com os jogadores. Acho que é o mesmo tanto que a do Corinthians tem pelo Liedson, por exemplo, o palmeirense tem pelo Marcos, Valdivia e Kleber”, destacou o Gladiador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.