Tamanho do texto

Prefeito de São Paulo disse que vai liberar o alvará à diretoria de clube após reunião com Juvenal na semana passada

Kassab confirmou a entrega do alvará para a cobertura do Morumbi nesta segunda
Gazeta Press
Kassab confirmou a entrega do alvará para a cobertura do Morumbi nesta segunda
Em 20 de dezembro, durante evento no Morumbi, Gilberto Kassab, ao lado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, garantiu ao presidente do São Paulo , Juvenal Juvêncio, colaboração na reforma do estádio. A ajuda deve chegar nesta segunda-feira, mais de três meses depois, com um alvará garantido pelo prefeito à diretoria do clube.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Kassab encontrou com Juvenal na semana passada durante lançamento da linha 17-Ouro do Metrô, o monotrilho que ligará o aeroporto de Congonhas à região do Morumbi. Durante a conversa, o político confirmou ao dirigente a liberação burocrática para a cobertura do estádio e a construção de uma arena para 25 mil pessoas capaz de reunir eventos de menor porte.

Leia mais: Luis Fabiano volta a treinar com time brincando até com "Casemarra"

O time paulista ainda espera construir um hotel anexado ao estádio e um museu, mas esta parte das mudanças no Morumbi ainda precisa da aprovação dos vereadores. O São Paulo até diminuiu a preocupação com a liberação destas duas partes da reforma porque a pressa maior é em relação à arena.

Confira ainda:
Para Leão, virada em Itu é prova de que São Paulo não é uma mentira

Para a cobertura do Morumbi, o São Paulo não demonstra apreensão. A Andrade Gutierrez, construtora responsável pelas obras, tem recebido autorização do clube para escolher com calma a operadora da cobertura, chegando a ouvir novas propostas mesmo quando já tinha um parceiro definido.

Pessoas ligadas à obra, contudo, garantem que a aceleração da reforma nada tem a ver com a proximidade da Copa do Mundo. O clube insiste que não se curvará a exigências "inaceitáveis" que a Fifa fizer só para ter seu estádio à frente da arena já em construção do Corinthians, oficialmente escolhida para ser a sede paulistana no Mundial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.