Juninho vibra com vantagem, mas alerta para o perigo em São Paulo

De volta ao time, meia suporta os 90 minutos e diz que nunca vai questionar as escolhas do treinador

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro | 11/08/2011 23:59

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

O meia Juninho Pernambucano aprovou a atuação do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, pela Sul-Americana, na noite desta quinta. O meia considerou a postura vascaína ideal no duelo contra o time paulista. No jogo de volta, dia 24, no Pacaembu, o Vasco pode perder até por um gol que estará classificado. Apesar da vantagem, Juninho pede cautela.

"Fomos muito bem hoje, mas nada está ganho. Temos que manter esta pegada lá em São Paulo. Se a gente for pra lá acahando que tudo está ganho, podemos nos decepcionar", alertou Juninho.

<span>Patrick e Fágner disputam jogada em São Januário</span> - <strong>Foto: AE</strong> <span>Com um uniforme verde dessa vez, Marcos defendeu o gol do Palmeiras durante o jogo</span> - <strong>Foto: AE</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>Durante o primeiro tempo, Élton lamentou chance desperdiçada no jogo contra o Palmeiras</span> - <strong>Foto: AE</strong> <span>Em jogada aérea e sem querer, Diego Souza fez o gol que abriu o placar para o Vasco</span> - <strong>Foto: AE</strong> <span>Kleber só pôde lamentar o gol do Vasco</span> - <strong>Foto: AE</strong> <span>Já Felipão pareceu estar chocado com o resultado ruim para o Palmeiras em São Januário</span> - <strong>Foto: AE</strong>


Outro motivo de comemoração foi o fato de voltar ao time titular e suportar os 90 minutos. Na partida de domingo, contra o Botafogo, o Reizinho foi poupado, entrando apenas no segundo tempo. Desta vez, porém, Ricardo Gomes mudou de tática: manteve o craque e deixou Felipe no banco. O treinador vem promovendo rodízio entre os meias.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

"Poder jogar em alto nível durante os 90 minutos foi excelente. Estou aqui para colaborar com o treinador. E quando foi acionado, quero isso: ser útil, jogar bem e ajudar a equipe".
 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo