Tamanho do texto

Meia do Palmeiras disse que se acertasse Jorge Henrique como o árbitro viu, o jogador do Corinthians teria quebrado o nariz

No começo do segundo tempo do clássico que garantiu o pentacampeonato brasileiro ao Corinthians , logo aos três minutos, o meia palmeirense Valdivia foi expulso por cometer falta em Jorge Henrique. O árbitro Wilson Luiz Seneme interpretou que o camisa 10 alviverde acertou uma cotovelada proposital no rival corintiano e não teve dúvidas ao aplicar o cartão vermelho.

E MAIS: Corinthians empata com o Palmeiras e é pentacampeão brasileiro
LEIA TAMBÉM: Felipão e Valdivia isentam Jorge Henrique por "chute no vácuo"

Bastante calmo, Valdivia explicou que não fez nada no adversário e disse que o juiz se deixou levar pela pressão da torcida corintiana, que lotou o Pacaembu. "Não tem como dividir uma bola com o braço colado no corpo. Se eu tivesse atingido ele (Jorge Henrique) de verdade, ele estaria fora do joo, com nariz quebrado, com a boca sangrando, mas nada disso aconteceu. Acho que o juiz caiu na pressão da torcida, estava acelerado", disse.

O técnico Luiz Felipe Scolari também defendeu seu atleta e avaliou que Seneme exagerou ao aplicar o cartão vermelho a Valdiva. "Só acho demasiada a atitude da arbitragem com relação à expulsão", disse o treinador, que preferiu não entrar em muita polêmica com a arbitragem.

Veja como ficou a classificação final do Campeonato Brasileiro

Felipão também acha que a expulsão do seu camisa 10 não foi decisiva para que o Palmeiras não saísse vitorioso do clássico. De acordo com o técnico, o time teve chance para marcar mesmo com um homem a menos. "Não foi a expulsão do Valdivia que foi determinante para o 0 a 0. Nós ainda tivemos oportunidades depois que ele foi expulso, teve aquele lance da bola na trave que o Fernandão chutou raspando a trave depois", finalizou o treinador.

O 0 a 0 deste domingo garantiu a conquista do título para o Corinthians. Já o Palmeiras terminou o Campeonato Brasileiro na decepcionante 11ª colocação, mas classificado para a edição 2012 da Copa Sul-Americana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.