Tamanho do texto

Para o goleiro da equipe carioca, estabilidade financeira deixa os jogadores mais concentrados dentro de campo

Quarto colocado no Campeonato Brasileiro, com 54 pontos, o Botafogo está apenas quatro pontos atrás do líder Fluminense e mantém o sonho de conquistar uma vaga na Copa Libertadores ou até mesmo o título nacional. Para o goleiro Jefferson, um dos responsáveis pela mudança na equipe carioca, que lutou contra o rebaixamento no ano passado, é a estabilidade financeira da diretoria, que não atrasou os salários nesta temporada.

"Boa parcela dessa campanha é da diretoria. O mais importante é que o clube se estabilizou, principalmente em relação ao financeiro. Alguns jogadores que vinham para o Botafogo, perguntavam se o clube pagava em dia, se atrasava ou não. O Botafogo cumpre com seus deveres e o grupo se concentra mais dentro de campo", disse Jefferson.

Para o goleiro, que recentemente foi convocado pelo técnico Mano Menezes para disputar o amistoso contra a Argentina, no próximo dia 17 de novembro, o Botafogo conseguiu se reerguer e passa a lutar na parte de cima da tabela. "Quando cheguei, em 2003, diziam que o Botafogo ia lutar para não cair. Agora o Botafogo é visto como um clube grande e que vai disputar títulos. Nossa diferença é a união e a determinação. Sabemos que podemos chegar ao título", declarou o goleiro botafoguense.

Jefferson está garantido entre os titulares que enfrentam o Avaí, no próximo domingo, às 17h, no estádio da Ressacada, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Botafogo é o 4° colocado, com 54 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.