Tamanho do texto

Após sofrer gol de bicicleta no primeiro tempo, time do Canindé chegou à virada no segundo tempo com Henrique e Marcelo Cordeiro

Depois de perder em casa para o Paulista e empatar com o Palmeiras, no Pacaembu, a Portuguesa finalmente venceu no Campeonato Paulista de 2012. Já sem o meia Edno , negociado com o Tigres (México), a equipe rubro-verde bateu o lanterna Guaratinguetá por 2 a 1, de virada, no Canindé.

Leia também: Edno acerta com o Tigres e não joga mais pela Portuguesa

Depois de sair perdendo com um gol de bicicleta de Thiago Cunha, no primeiro tempo, a Lusa virou na etapa complementar com tentos de Henrique e Marcelo Cordeiro, de pênalti.

Confira a classificação do Campeonato Paulista

O resultado elevou o time de Jorginho aos quatro pontos, já mais próximo do pelotão de líderes - o São Paulo, na ponta, tem nove pontos. Na próxima rodada, o desafio será contra o Bragantino, quarta-feira, fora de casa. Já o Guaratinguetá segue sem conquistar pontos e está em último lugar. A próxima chance de afastar a má fase será na quarta, contra o Botafogo. 

O jogo

O lance mais bonito do duelo deste sábado foi protagonizado pelos visitantes. O ex-palmeirense Thiago Cunha emendou uma bela bicicleta e colocou o Guaratinguetá em vantagem aos 21 minutos do primeiro tempo. Armada apenas com volantes no meio-campo (Boquita, Léo Silva, Henrique e Guilherme, que voltava de lesão muscular), a Lusa teve dificuldades na criação.

Os comandados de Jorginho até dominaram a posse de bola, mas a melhor chance do primeiro tempo veio após uma cobrança de escanteio. A cabeçada de Leandro Silva, poucos minutos antes do intervalo, foi forte e tinha endereço, mas o goleiro Jaílson se esticou para fazer uma bela defesa.

Thiago Cunha acerta bicicleta e marca um golaço para o Guaratinguetá
AE
Thiago Cunha acerta bicicleta e marca um golaço para o Guaratinguetá

No intervalo, a ineficiente dupla de ataque da Portuguesa foi desfeita. Rodriguinho seguiu no time, mas Wilson Júnior cedeu sua vaga a Ananias, que voltou do Bahia e só foi a campo pela necessidade, posto que ainda não está em sua melhor forma física.

Ainda assim, a entrada de um atacante velocista fez com que os mandantes pressionassem com mais firmeza. Tanto que o gol de empate não demorou muito para acontecer: aos três minutos, Boquita recebeu de Marcelo Cordeiro e serviu com açúcar para Henrique estufar as redes e empolgar a torcida nas arquibancadas.

O time também foi no embalo e rapidamente virou o jogo. Aos 12 minutos, Marcelo Cordeiro cobrou pênalti com força e fez 2 a 1. Em desvantagem, o Guaratinguetá mostrou que ainda tem muito a melhorar se quiser ter desempenho semelhante ao do Americana de 2011, que ficou perto do acesso na Série B. Sem criatividade, o time do Vale do Paraíba ficou mais perto de sofrer o terceiro gol do que de empatar.

FICHA TÉCNICA - PORTUGUESA 2 x 1 GUARATINGUETÁ
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 28 de janeiro de 2012, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Público: 1.779 pagantes
Renda: 36.370 reais
Assistentes: David Botelho Barbosa e Bruno Salgado Rizo
Cartões Amarelos: Guilherme e Henrique (Portuguesa); Everton e Vagner (Guaratinguetá)

Gols:  GUARATINGUETÁ: Thiago Cunha, aos 21 minutos do primeiro tempo. PORTUGUESA: Henrique, aos três, e Marcelo Cordeiro (pênalti), aos 12 minutos do segundo tempo.

PORTUGUESA: Weverton; Luis Ricardo, Leandro Silva, Renato e Marcelo Cordeiro; Boquita, Léo Silva, Guilherme (Maylson) e Henrique; Wilson Junior (Ananias) e Rodriguinho (Rafael Oliveira)
Técnico: Jorginho

GUARATINGUETÁ: Jailson; Pio (Aloisio), Rafael, Walter e Vanderson; Everton, Gercimar (Vagner), Charles Wagner e Marcinho; Lúcio Flávio (Djavan) e Thiago Cunha
Técnico: Roberto Fernandes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.