Tamanho do texto

Dirigente prestará esclarecimentos sobre as denúncias de suborno feitas por Mohamed bin Hammam, seu rival político na eleição

selo

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, não estará no Estádio de Wembley para acompanhar a final da Liga dos Campeões da Europa, entre Barcelona e Manchester United, neste sábado, em Londres , para poder se preparar para a audiência na qual terá de comparecer neste domingo, em Zurique, na Suíça. Investigado pelo Comitê de Ética da própria entidade que dirige, ele prestará esclarecimentos sobre as denúncias de suborno feitas por Mohamed bin Hammam, seu rival político na eleição da próxima quarta-feira.

O assessor de Blatter, Brian Alexander, confirmou a ausência do dirigente no confronto deste sábado, que começará às 15h45 (de Brasília) e definirá o mais novo campeão da Europa.

O mandatário maior do futebol mundial costuma assistir de perto as finais do torneio interclubes mais importante da Uefa, mas desta vez não estará próximo dos líderes das 53 federações europeias de futebol que deverão marcar presença em Wembley e votarão na eleição presidencial da Fifa na próxima quarta.

Blatter e Bin Hammam serão interrogados e julgados na audiência deste domingo. O primeiro deles é acusado pelo seu rival de não se opor contra pagamentos em dinheiro às delegações que participaram de uma reunião especial da União Caribenha de Futebol (CFU, na sigla em inglês), depois de ter sido avisado sobre os mesmos anteriormente.

Já o dirigente do Catar corre o risco de ser impedido de disputar a eleição da Fifa se for condenado pelo Comitê de Ética da entidade neste domingo, quando também será julgado por uma suposta tentativa de compra de votos e porque teria financiado uma reunião com cartolas da Concacaf para promover sua candidatura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.