Cabanas
Instagram
Cabanas

A Procuradoria-Geral da República do México prendeu José Francisco Barreto García, conhecido como "El Contador", acusado de atirar no ex-jogador de futebol paraguaio Salvador Cabañas, em 25 de janeiro de 2010.

Barreto García já havia sido preso em junho de 2010, por sua provável participação em uma organização criminosa. A nova prisão foi feita em uma operação que envolveu vinte veículos, em cumprimento a uma ordem judicial.

Segundo a mídia mexicana, Balderas Garza, preso em 18 de janeiro de 2011, foi quem garantiu à Polícia Federal que o seu então guarda-costas, Barreto García atirou em Cabañas um ano antes, em um bar na Cidade do México.

O incidente ocorreu em 25 de janeiro de 2010. Após uma discussão no banheiro entre Garza e o ex-jogador, Cabañes "reagiu de forma agressiva, verbal e física", momento em que "El Contador" entrou e supostamente deu um tiro na cabeça dele.

Leia Também

Principal jogador paraguaio no fim da década passada, Salvador Cabañas calou um Maracanã com mais de 50 mil pessoas, na partida de volta das oitavas de final da Libertadores de 2008.

O Flamengo venceu o jogo de ida por 4 a 2, mas Cabañas marcou dois gols e comandou a vitória do América do México, por 3 a 0, fora de casa.

Depois, o camisa 9 também comandou a vitória contra o Santos, já nas quartas de final, quando marcou os dois gols da vitória no Azteca, encaminhando o América para a semifinal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários