Nicolás Schiappacasse
Reprodução
Nicolás Schiappacasse

O atacante Nicolás Schiappacasse, de 23 anos, preso em janeiro por posse de arma ilegal , foi condenado no Uruguai a um ano e dois meses de prisão domiciliaria.

De acordo com o diretor de comunicação da Procuradoria do Uruguai, Javier Benech, o jogador foi considerado "autor penalmente responsável por reiterados delitos de tráfico de armas de fogo e munições".

Ex-jogador do Atlético de Madrid, ele foi detido com uma pistola nove milímetros quando estava a caminho do estádio para assistir o clássico uruguaio entre Peñarol e Nacional. No carro também havia outras pessoas, incluindo uma com um longo histórico de tráfico de drogas. 

Schiappacasse, cujo passe ainda pertence ao italiano Sassuolo, estava emprestado ao Peñarol. Ele também tem passagem por todas as seleções de base do Uruguai e chegou a fazer uma pré-temporada com Simeone no time titular do Atlético de Madrid.

O jogador já cumpriu dois meses e 12 dias da sentença desde que foi colocado em prisão preventiva.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários