Léo Souza em campo pelo Urawa Reds, do Japão
Instagram
Léo Souza em campo pelo Urawa Reds, do Japão

Com passagens por Corinthians e Santos no futebol de base, o brasileiro Léo Souza (confira galeria de fotos abaixo) , de 24 anos, chama a atenção no futebol asiático. Em entrevista exclusiva ao iG Esporte , o atacante do Hebei FC, da China, fala sobre as conquistas no Japão e os desafios encontrados no futebol chinês.


Maior artilheiro das três ligas do Japão em 2019, o atacante conta sobre sua evolução e a visibilidade que a artilharia trouxe para si.

"Eu cheguei lá ainda um menino. Acabei me profissionalizando lá, com uma estrutura e cultura totalmente diferente do Brasil. Estes marcos fizeram com que meu nome fosse visto como um grande jogador dentro do país e ser contratado pelo maior clube do Japão, o Urawa Reds", disse Léo Souza.

Após boa passagem pelo futebol japonês, Léo Souza seguiu para a China, onde encontrou algumas diferenças entre às duas ligas.

"A diferença dos países é muito grande em nível técnico e tático. O futebol japonês é jogado de uma maneira mais técnica e com obediência tática. Já o chinês é um futebol de mais contato físico, onde saem muitos gols através de cruzamentos", destacou o brasileiro.

Leia Também

Leia Também

O futebol chinês sofre com um calendário complicado e com muitas interrupções. Segundo o brasileiro, este é um dos motivos pelos quais grandes nomes do futebol optaram por deixar a liga.

"Essa foi a maior razão de muitos jogadores estarem saindo da China, pois o calendário atrapalha muito a questão da competição. O atleta joga seis jogos e para por quatro meses. É muito difícil se manter nesse tempo de "férias"".

Léo Souza também revela como está lidando com este calendário "inusitado" após ficar quase quatro meses sem jogar.

"Esse ano foi o primeiro ano que passei por isso na minha carreira. Mas nesses quatro meses que ficamos sem jogos, fiz uma boa preparação junto ao meu Personal, por isso consegui chegar bem para a fase final da competição", disse o jogador.

Ainda no futebol de base, Léo Souza colecionou passagens por Corinthians e Santos. O atacante de 24 anos revela se gostaria de voltar a atuar com a camisa de algum deles.

"Sim. Um dia eu penso em voltar atuar no Brasil e se Deus permitir em algum desses clubes aonde eu já tive a oportunidade de estar e ver o quão grande são", revelou o atacante.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários