Jorge Jesus pegou gancho pesado por criticas à arbitragem
Reprodução/Twitter
Jorge Jesus pegou gancho pesado por criticas à arbitragem

Técnico do Benfica e  cogitado para assumir o Flamengo, Jorge Jesus (veja fotos na galeria abaixo) foi suspenso por 15 dias pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol por criticar o árbitro de um jogo contra o FC Porto, que aconteceu na temporada passada do campeonato português, no dia seis de maio deste ano.


A suspensão das partidas nacionais abrange o Campeonato Português e Taça de Portugal, portanto, o técnico não deve participar de dois clássicos contra o Porto, marcados para os dias 23 e 30 - assim como o jogo com o Marítimo, no dia 19. Vale ressaltar que dia 23 o jogo é pela Taça de Portugal, e dia 30 é pela Primeira Liga (primeira divisão do campeonato português).

O Benfica ainda pode apresentar recurso para o Tribunal Arbitral do Esporte (TAD, na sigla portuguesa). O zagueiro Nicolás Otamendi e o lateral-esquerdo Alejandro Grimaldo também foram punidos, mas apenas com multas.

Leia Também

Com a decisão, o técnico poderá estar no banco amanhã, diante do Sporting da Covilhã, uma vez que o castigo só transitará em julgado posteriormente.

Críticas em maio

O processo ocorreu por causa das críticas de Jesus, Otamendi e Grimaldo à atuação do árbitro Artur Soares Dias em duelo com o FC Porto. Jorge Jesus queixou-se de um cartão amarelo (o segundo) que deixou de mostrar a Pepe, zagueiro do time adversário. O técnico deu a entender que o juiz foi parcial no clássico, que terminou em empate. "Há pormenores que ninguém vê, mas nós sentimos para onde está a balança...", disse na época.

Otamendi também manifestou descontentamento com a arbitragem de Soares Dias. "Vergonhoso, inacreditável", disse o central argentino no Twitter. Grimaldo também publicou sobre: "A mesma história de sempre, vergonhoso", reclamou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários