Di María e Messi são companheiros de clube e seleção argentina
Divulgação
Di María e Messi são companheiros de clube e seleção argentina

Após passar boa parte da carreira vestindo a camisa do Barcelona, Lionel Messi (veja fotos na galeria abaixo) buscou um novo desafio e vem encontrando  dificuldades no PSG. Companheiro de clube e seleção, Ángel Di María abriu o jogo sobre a situação do camisa 30.


Em entrevista à ESPN, o ex-Real Madrid fez um balanço sobre a adaptação Messi no clube francês, afirmando que foi uma grande mudança na carreira do amigo argentino.

“Acho que no último jogo contra o Brugge mostramos que estamos bem, é normal que haja muita expectativa com a chegada do Messi. Acho que as pessoas esperavam 4 ou 5 a zero a cada jogo, mas o futebol não é isso, é aos poucos e para acomodar as peças. Às vezes essas coisas acontecem, acho que aos poucos vamos acomodando e tendo a estrutura mais forte”, disse Di María.

“Ele mostra nas redes sociais, a gente o vê em casa com a família, feliz e feliz. Os filhos estão na escola. Tudo é para facilitar a vida dele e por isso ele se adaptou muito bem no grupo, e acho que se adaptou muito rapidamente a Paris. Mas quando se trata de futebol, tudo está sendo feito aos poucos, é uma grande mudança para ele ter que se adaptar aos novos jogadores e a uma nova forma de jogar em um PSG que vai para o ataque rápido enquanto o Barcelona mantinha a posse da bola. Tentamos equilibrar tudo isso e ele também garantiu que vem se adaptando a nós”.

Messi chegou em agosto ao time parisiense após não renovar o contrato com o Barcelona. Em 14 jogos disputados, o camisa 30 marcou seis gols e contribuiu com três assistências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários