Valbuena e Benzema
Divulgação
Valbuena e Benzema


Nesta quarta-feira (20), iniciou-se o julgamento para analisar o caso do jogador Mathieu Valbuena (veja galeria de fotos abaixo) , com as acusações de chantagem de Karim Benzema, atacante do Real Madrid, e outras quatro pessoas na polêmicas sobre o vídeo de sexo.


Após sentir falta da presença de Benzema, que pode pegar até cinco anos de prisão , Valbuena falou sobre como se sentia em relação a isso, afirmando que lutará até o final pelos seus direitos.

"Benzema esteve ausente. É uma pena, mas é assim. Vou até o fim para que fique tudo para trás", revelou.

Leia Também

No julgamento, Axel Angot, um dos réus e declarou culpado, afirmando que reconhece o crime de tentativa de chantagem.

Relembre o caso

O caso começou em 2015 quando o jogador do Olympiacos, Valbuena, foi ameaçado por ter um vídeo íntimo com a esposa exposto na internet por dois homens, que o cobraram dinheiro (cerca de 150 mil euros) para não divulgar a gravação.

Após a negativa do atleta, os bandidos entraram em contato com Benzema e o atacante teria conversado com Valbuena, na concentração na seleção francesa, dizendo que seria melhor que o meia pagasse o dinheiro para evitar problemas. O jogador merengue afirma que deu apenas um conselho ao companheiro.

Porém, a partir daí, o jogador foi acusado por crime de cumplicidade de chantagem. Diante da repercussão do caso, Benzema parou de ser convocado para jogar por seu país e perdeu a Copa do Mundo de 2018. Ele só voltou a ser chamado esse ano, quando disputou a Eurocopa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários