Pep Guardiola, técnico do Manchester City arrow-options
MANCHESTER CITY/REPRODUÇÃO
Pep Guardiola, técnico do Manchester City

O técnico Pep Guardiola, do Manchester City, foi vítima de um hacker na Inglaterra, que invadiu a sua conta de email para chantageá-lo. De acordo com o jornal inglês "The Sun", o suposto autor do crime, com cerca de 30 anos, foi preso na semana passada e liberado enquanto a investigação continua.

Aparentemente, o homem teria todos os emails recebidos e enviados pelo treinador, bem como sua agenda de contatos, teria tentado chantagear o espanhol e lhe pediu 100 mil libras em Bitcoins, ou seja, cerca de 118 mil euros em criptomoedas.

Ainda segundo o diário britânico, o hacker não apenas teria acesso aos endereços de jogadores como Vincent Kompany ou Joe Hart, mas também teria obtido conversas relacionadas ao mercado de transferências que afetariam dois jogadores conhecidos: Matthijs de Ligt e Sokratis.

O suspeito acessou os documentos confidenciais de Guardiola por meio de seu telefone celular e teria dito que "invadir a conta de email do treinador é a coisa mais fácil que ele fez". O hacker mostrou capturas de tela enviadas à sua conta criptografada do ProtonMail que a polícia não pôde acessar.

    Veja Também

      Mostrar mais