Lance

Gabigol celebra gol diante do Independiente del Valle arrow-options
Reprodução/Twitter Conmebol
Gabigol celebra gol diante do Independiente del Valle

O carnaval não tem fim para a torcida do Flamengo . Em plena quarta-feira de cinzas, o Rubro-Negro, mesmo com um a menos desde o meio do primeiro tempo, bateu o Independiente Del Valle por 2 a 0, no Maracanã, com gols de Gabigol e Gerson, e conquistou a sua primeira Recopa Sul-Americana . Foi a terceira taça que o Fla levou para casa nesse fevereiro mágico para o flamenguista. Também foi o primeiro título internacional conquistado pelo Flamengo no Maraca.

O Rubro-Negro volta a campo no próximo sábado, contra a Cabofriense, quando começa a disputa da Taça Rio.

Veja os gols do título flamenguista:


Sempre ele
Decisivo em todos os títulos que o Flamengo conquistou em 2019, Gabigol tem mostrado que tem valido cada centavo investido pela diretoria. Depois de marcar nas decisões da Supercopa do Brasil e Taça Guanabara, o atacante voltou a deixar o dele contra o Del Valle. Bem posicionado, ele marcou após um vacilo da zaga do time equatoriano aos 18 minutos.

E não foi só isso. Com a expulsão de Willian Arão ainda aos 24 do primeiro tempo, Jesus tirou Pedro para recompor o meio, deixando Gabigol sozinho na frente. Mas ainda assim o atacante participou muito da partida. Quase marcou um golaço, deu uma assistência e participou do outro gol.

Diego Alves salva
Com o placar favorável e com 10 em campo, o Flamengo não deixou de atacar e, mesmo jogando de forma mais reativa, criou oportunidades para fazer mais. E não sofreu tanto. Quando o Del Valle chegou, Diego Alves fez uma defesa milagrosa em finalização de Faravelli.

'VAPO'
Com um a menos, Gerson e Thiago Maia, que entrou no lugar de Pedro, tiveram mais trabalho no marcação. E o Coringa do Flamengo , como é conhecido camisa 8, mostrou toda sua versatilidade em campo. Ele marcou os outros dois gols do Rubro-Negro. E os dois em contra-ataque. Com o Del Valle buscando o empate, deixou espaços atrás. Gabigol puxou o primeiro e tocou para o meio-campista marcar. Depois, Gerson recebeu de Vitinho e finalizou para o gol, marcando o terceiro e decretando o terceiro título do Flamengo em dez dias.

    Veja Também

      Mostrar mais