Torcedores na Bolívia em ato racista contra goleiro do Vasco arrow-options
Reprodução
Torcedores na Bolívia em ato racista contra goleiro do Vasco

Após o episódio de racismo sofrido pelo goleiro Alexander , do Vasco, o clube de São Januário lamentou o ocorrido em Santa Cruz de la Sierra no jogo válido pela Copa Sul-Americana. Já no fim da partida, alguns torcedores do Oriente Petrolero insulturam o goleiro no banco de reservas com gritos de macaco.

Além do goleiro, Miranda e Ricardo Graça deixaram o banco de reservas e relataram o episódio ao árbitro venezuelano José Argote. Na transmissão da TV, é possível ver Alexander dizer ao juiz que fora chamado de macaco

Por causa das reclamações, Ricardo Graça recebeu cartão amarelo.

No Twitter, o Vasco se solidarizou com o goleiro e a todos que sentiram ofendidos com o comportamento dos torcedores. Veja a mensagem abaixo:


    Veja Também

      Mostrar mais