Tamanho do texto

CEO da empresa revelou que o USWNT é a equipe que mais vendeu camisas em uma única temporada, contando times do masculino e feminino

seleção feminina dos estados unidos
reprodução/ twitter USWNT
Seleção feminina dos Estados Unidos é a recordista em vendas por temporada na Nike

A seleção feminina dos Estados Unidos não tem feito bonito apenas dentro dos gramados da Copa do Mundo feminina, mas também fora dela, no comércio.

Leia também:  Jogadora da seleção suíça desaparece enquanto nadava em lago na Itália

A CEO da Nike, Mark Parker, revelou durante entrevista ao site Business Insider que a camisa número 1 da seleção feminina dos Estados Unidos (branca com detalhes em vermelho e azul marinho) é a peça mais vendida na história da empresa.

“A camisa da seleção feminina dos EUA agora é a camisa de futebol número 1, masculina e feminina, já vendida no Nike.com em apenas uma temporada. A exposição está impulsionando vendas extraordinárias de uniformes, sutiãs de alto desempenho e linha lifestyle”, disse Parker.

O número é muito expressivo, já que a Nike é a fornecedora de material esportivo de dois terços das 24 seleções que participaram da Copa do Mundo na França. Além de que, metade das jogadoras usavam o logo da marca nas chuteiras.

Além dos uniformes, Parker afirmou ao site que o sutiã esportivo foi uma das peças mais vendidas nos últimos dias. “É difícil mensurar a importância deste ano para a evolução da categoria feminina da Nike”, completou.

Tricampeãs mundiais, as meninas dos EUA têm batido diversos recordes nessa edição do Mundial. Um deles é que se tornou a única seleção a chegar em todas as fases de semifinal de todas (!) as oito edições de Copa do Mundo feminina já realizadas.

Leia também:  Após viralizar, árbitra brasileira Fernanda Colombo recebe proposta indecente

Para continuarem fazendo história na França, as meninas dos Estados Unidos precisarão vencer a seleção da Inglaterra nesta terça-feira (02) para chegar à decisão do Mundial. O time enfrenta as inglesas as 16h00 (horário de Brasília) com transmissão do SporTV.