Tamanho do texto

Dono do melhor aproveitamento na Arena Corinthians, o treinador espera ser bem recebido em Itaquera – agora à frente da Seleção pela Copa América

Lance


tite
Pedro Martins/MoWA Press - 8.6.19
Tite ainda é o dono do melhor aproveitamento em Itaquera: 83% entre 2015 e 2016 à frente do Corinthians

Sob pressão e cada vez mais criticado no comando da Seleção Brasileira, Tite busca neste sábado (22) a classificação para as quartas de final da Copa América. Líder do Grupo A, o Brasil enfrenta o Peru, às 16h, na Arena Corinthians, local onde o técnico se sente em casa e busca forças.

Leia também: Confira a agenda do futebol deste sábado, dia 22 de junho de 2019

Tite ainda é o dono do melhor aproveitamento em Itaquera: 83% entre 2015 e 2016 à frente do Corinthians (41 vitórias, nove empates e três derrotas na Arena). Sua relação com o estádio, contudo, vem desde sua construção.

Em 2012, após conquistar a Libertadores, Tite cumpriu uma promessa feita a funcionários da Arena e trabalhou por um dia na obra. Na época, ele mostrava certa tristeza pelo medo de não estar no clube para participar da inauguração, o que de fato se confirmou. Era Mano Menezes o comandante no empate em 1 a 1 com o Figueirense, em 2014.

Sua estreia em Itaquera foi na terceira passagem pelo Timão, no dia 24 de janeiro de 2015, os 3 a 0 em cima do Corinthian Casuals (ING). Dez meses depois, deu a primeira volta olímpica do estádio, ao conquistar o título brasileiro com uma campanha histórica.

tite
André Mourão/MoWA Press
"Sem falsa modéstia, tenho orgulho daqui", diz Tite sobre sua trajetória como técnico do Corinthians

Quando aceitou a proposta para assumir a Seleção Brasileira, em junho de 2016, Tite foi homenageado no gramado da Arena, recebeu placa, faixa e se emocionou: "Tivemos seis títulos juntos, mas tenho um título que vou levar comigo e com a minha família, que é a gratidão e o carinho de vocês".

Fora do Corinthians, recebeu outra demonstração de carinho do público ao ser ovacionado no clássico contra o Santos, em 2017. Assistindo nas tribunas, o técnico da Seleção Brasileira não se controlou e até vibrou quando saiu o gol da vitória de seu ex-clube.

Com uma história tão viva e vitoriosa na Arena Corinthians , Tite espera pelo afago do público, após ouvir vaias nos dois jogos da Copa América até aqui.

"Sem falsa modéstia, tenho orgulho daqui. Não só de aproveitamento, mas da forma como trabalhei. Se eu tiver um pouquinho de carinho do torcedor, que ele transponha para os mais jovens, que dê carinho. A gente sente, às vezes o torcedor é do clube incondicional, e mesmo pela paixão reclama. Já senti isso aqui. Mas com o carinho vai contribuir muito para o atleta, para mim já vai contribuir para caramba", disse.

Pela Seleção Brasileira, Tite já voltou à Arena, em 2017, quando venceu o Paraguai por 3 a 0 – o jogo garantiu a classificação para a Copa do Mundo.

Uma nova vitória neste sábado também dará uma vaga para Tite e o Brasil, no mata-mata da Copa América . A Seleção lidera o Grupo A com quatro pontos – à frente do Peru pelos critérios de desempate – e depende de si para avançar na primeira posição.

Leia também: Será? Jornal afirma que Tite mandou drone para espionar treino do Peru

"Dei um abraço no funcionário do campo, dei parabéns porque está um tapete, melhor do que quando estava aqui (risos). E a atmosfera é inevitável, a gente sente e absorve", afirmou Tite após o treino de sexta (21) no estádio.