Tamanho do texto

Na busca pelo tri, germânicas agora aguardam por Canadá ou Suécia

Lance

Däbritz fez o segundo gol da Alemanha contra a Nigéria
Twitter/Reprodução
Däbritz fez o segundo gol da Alemanha contra a Nigéria

A Alemanha venceu a Nigéria por 3 a 0, neste sábado, e garantiu a classificação para as quartas de finais da Copa do Mundo feminina . Em um jogo marcado pela atuação do VAR, Popp, Däbtriz (de pênalti) e Schüller marcaram os gols da partida.

Leia também: No país onde futebol é "coisa de mulher", Copa Feminina não empolga o público

A Alemanha espera o confronto entre Suécia e Canadá, que se enfrentam nesta segunda-feira, às 16h, para saber o rival na próxima fase. 

POPP HISTÓRICA

A Nigéria começou a partida mais ofensiva, mas, rapidamente, a Alemanha retomou o controle do jogo e passou a dominar os espaços. A equipe alemã abriu o placar com Popp. Após cruzamento, a atacante nem saiu do chão para cabecear e marcar de cabeça. Esse foi a centésima partida da jogadora com a camisa da equipe. O VAR revisou o lance e confirmou o tento.

Popp

Popp abriu o placar (Foto: Reprodução)

VAR MARCA PÊNALTI

Não foi apenas Popp que atingiu importante marca na partida. Ebionome se tornou a jogadora africana com mais participações em Mundiais, com 14 partidas disputadas. Apesar do feito, a defesa nigeriana continuava frágil e, no primeiro ataque após o gol, a Alemanha conseguiu um pênalti, marcado pelo VAR. Daebtriz converteu a cobrança e marcou seu terceiro gol na competição. A jogadora foi recém-contratada pelo PSG.

FALTOU ALGO MAIS

A Nigéria voltou para o segundo tempo disposta a diminuir o placar. As africanas demonstraram habilidade e bastante velocidade, principalmente pelos lados do campo, mas não conseguiram transformar as jogadas ofensivas em perigos efetivos para a defesa alemã.

Nigéria x Alemanha

Nigéria melhorou no segundo tempo (Foto: Reprodução)

CLASSIFICAÇÃO GARANTIDA

​Com o fim da partida se aproximando, a Alemanha passou a retomar o controle do jogo e ficou mais perto de ampliar do que a Nigéria de diminuir. A defesa nigeriana facilitou o processo. Ayinde saiu jogando errado e a bola sobrou para Schürlle, que não perdoou e marcou o terceiro para garantir a classificação.