Tamanho do texto

Argentina estava perdendo por 3 a 0 até os 24 minutos do segundo tempo e buscou o empate. O resultado mantém viva a classificação para as oitavas

argentina
Reprodução
Bonsegundo faz dois e a Argentina busca empate com a Escócia no Mundial

Na tarde dessa quinta-feira (19) as seleções do Grupo D entraram em campo na Copa do Mundo de futebol feminino para definir as classificações às oitavas do torneio. A Argentina enfrentou a Escócia numa partida emocionante com seis gols.

Leia também:  Jogo da seleção feminina reúne 'pequena multidão' no meio da tarde

A seleção da Argentina veio para fazer história na Copa do Mundo de futebol feminino, na França. Ao empatar em 0 a 0 com a seleção do Japão, a Celeste marcou o primeiro ponto de sua história na competição e hoje atingiu a maior marca de gols.

Participante das edições de 2003 e 2007, a Argentina só tinha conseguido o 16º lugar na classificação geral do Mundial e marcado dois gols, um em cada edição do Mundial feminino . Na partida contra a Escócia foram três: Menéndez fez o primeiro aos 29 minutos e Bonsegundo marcou aos 34 e nos acréscimos.

Detalhe que a Escócia vencia a partida por 3 a 0 com gols de Little e Beattie no primeiro tempo e Cuthbert aos 24 minutos do segundo tempo. O empate tirou as chances das escocesas passarem de fase e mantém vivo o sonho da Argentina.

Leia também:  Coca-Cola lança Mini Craques para promover Copa do Mundo feminina

Caso Camarões x Nova Zelândia e Chile x Tailândia termine empatado, a Argentina pode avançar para as oitavas como uma das melhores terceiras colocadas. No outro jogo do grupo a Inglaterra venceu o Japão e se consolidou em primeiro lugar, as asiáticas ficaram em segundo.