Tamanho do texto

Após primeiro tempo fraco, seleção embala e vence sem sustos. Coutinho e Everton marcaram os gols brasileiros

Coutinho comemorando
Mowa Press
Philippe Coutinho comemorando seu gol pela seleção contra a Bolívia.

Em sua estreia na Copa América , a seleção derrotou a Bolívia pelo placar de 2 a 0. Philippe Coutinho marcou os dois gols do Brasil. Sem Neymar, cortado por lesão, o time entrou com um trio de ataque formado por Firmino, Richarlison e David Neres.

Leia também: Conmebol anuncia Austrália e Catar como convidadas da Copa América 2020

A seleção brasileira começou o jogo bem, pressionando o adversário. Logo nos primeiros minutos de jogo, Daniel Alves e Thiago Silva levaram perigo ao gol boliviano. Com 10 minutos de jogo, o Brasil tinha 70% de posse de bola.

O primeiro chute da Bolívia veio apenas aos 24 minutos de jogo. Porém, a finalização não levou perigo. Com 35 minutos de partida, estava claro o domínio da seleção. Era ataque contra defesa. Entretanto, a seleção não conseguia marcar o gol.

Com o fim do primeiro tempo se aproximando, o jogo esfriou. A seleção não conseguiu criar mais boas oportunidades e acabou deixando o campo rumo ao vestiário sendo vaiada pela torcida, que lotou o estádio.

Leia também: Dependência? Relembre os jogos oficiais da seleção sem Neymar

 Logo no começo do segundo tempo, o VAR foi acionado em um lance de suposto pênalti para a seleção por conta de um toque de mão. Após consultar o recurso de vídeo, o árbitro marcou a penalidade, que foi convertida por Philippe Coutinho . Minutos depois, o meia marcou, de cabeça, seu segundo gol na partida.

Depois dos dois gols, o jogo voltou a ter um ritmo mais calmo. Com vantagem no placar a seleção parecia estar mais confortável e passou a ariscar mais jogadas individuais.  Aos 25 minutos do segundo tempo, Richarlison fez uma ótima jogada e o terceiro gol quase saiu; porém, a defesa afastou a bola.

Aos 31 minutos, após uma cobrança de escanteio, Marquinhos cabeceou forte em direção ao gol, mas o goleiro Lampe ssegurou firme. Aos 37 minutos, Richarlison tentou aplicar um drible no defensor boliviano e foi derrubado dentro da área. Porém, o árbitro não marcou a penalidade.

Leia também: Caso Neymar: Najila Trindade 'ganha' camisa da seleção brasileira com número 171

Durante o jogo, Tite fez as três substituições permitidas. Gabriel Jesus, Everton e Willian entraram na partida, substituindo Firmino, David Neres e Richarlison, respectivamente. Logo depois de entrar, Everton abriu espaço de fora da área e arriscou, marcando um golaço. O goleiro boliviano nem esboçou reação. 

Já no final do jogo, o atacante Vaca recebeu, driblou e chutou em direção ao gol. Entretanto, Alisson defendeu sem dificuldade. Foi uma das poucas participações do arqueiro ao longo da partida. Depois disso, não houve mais lances de perigo e a seleção garantiu a vitória na estreia na Copa América .  Com dois gols na partida, Philippe Coutinho foi escolhido como melhor jogador da partida.

O próximo jogo da seleção será realizado na terça-feira, contra a Venezuela as 21h30. A partida será disputada na Fonte Nova, na Bahia, e será válida pela segunda rodada da fase de grupos da competição. Já a Bolívia enfrenta o Peru no Maracanã as 18h30 de terça.

    Leia tudo sobre: Futebol