Tamanho do texto

De acordo com a mídia esportiva da Itália e da França, Buffon deverá assinar um contrato válido para receber cerca de R$ 35 milhões anuais

Após ter anunciado sua saída da Juventus e feito sua despedida na partida do último sábado, o goleiro Gianluigi Buffon pode estar próximo de assinar com o Paris Saint-Germain , da França, informou nesta segunda-feira a emissora Sky Sports .

Leia também: Buffon dá adeus à Juventus como um dos maiores goleiros da história

O goleiro Gianluiggi Buffon se despediu da Juventus após 17 anos e diversos títulos
Reprodução/Twitter
O goleiro Gianluiggi Buffon se despediu da Juventus após 17 anos e diversos títulos

Segundo a TV italiana, o atual campeão francês deverá anunciar o nome de Buffon , veterano goleiro considerado por muitos o melhor da história, no máximo até a próxima quarta-feira.

Ainda de acordo com a mídia esportiva da Itália e da França, Buffon deverá assinar um contrato válido pelas próximas duas temporadas, e o clube parisiense poderá desembolsar cerca de oito milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões) anuais.

Mas o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, assegurou neste domingo, em entrevista ao jornal L'Èquipe , que o titular na próxima temporada seria o atual goleiro Alphonse Aréola.

Leia também: "Voltarei a torcer pela Juventus agora que ele saiu", diz ex-mulher de Buffon

"Buffon é um goleiro fantástico, mas Areola é o nosso titular e estará aqui na próxima temporada. Ele é o nosso número 1 para a próxima temporada", disse Al-Khelaïfi.

Despedida da Juve

Foram 17 anos, mais de 650 partidas - quase a metade delas sem levar gols - e cerca de 60 mil minutos jogados, mas tudo tem um fim. Gianluigi Buffon, um dos maiores goleiros da história do futebol, encerrou sua trajetória com a camisa da Juventus.

"Gigi", como Buffon é carinhosamente chamado, entrou em campo com a braçadeira de capitão da Velha Senhora pela última vez neste sábado, na partida contra o rebaixado Hellas Verona. Com o hepta da Série A já garantido, a Juve não teve dificuldades para vencer por 2 a 1, gols de Rugani e Pjanic, porém o resultado era o que menos importava.

Buffon mostrou estar emocionado já antes do início do jogo, ao cumprimentar torcedores no Allianz Stadium. Durante a partida, fez uma boa defesa e assistiu a seus companheiros construírem uma vitória tranquila.

Veja fotos

Leia também: Torcedores do Napoli querem indenização milionária de Douglas Costa; entenda

Aos 17 minutos do segundo tempo, antes do gol de Cerci, Buffon deixou o campo para dar lugar a Carlo Pinsoglio. No caminho para o banco de reservas, lugar pouco frequentado por ele em sua carreira, o goleiro cumprimentou todos os jogadores da Juve, principalmente o veterano zagueiro Andrea Barzagli, seu companheiro desde 2011.

Ainda com o jogo rolando, Buffon fez uma espécie de volta olímpica para sentir de perto o carinho da torcida bianconera, cujas lágrimas se misturavam à chuva que caía sobre Turim. Em seu último ato na Juventus, o arqueiro levantou mais uma taça da Série A, a sétima consecutiva e a nona em sua passagem pelo clube.

Além da hegemonia na primeira divisão, a Juve de Buffon faturou quatro Copas da Itália e cinco Supercopas Italianas - torneios também conquistados pelo goleiro na época em que ele defendia o Parma, assim como a Copa Uefa (atual Liga Europa).

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.