Tamanho do texto

Ídolo do Los Angeles Lakers acompanha o futebol, tem um time do coração na Europa e aposta suas fichas na seleção portuguesa de Cristiano Ronaldo

Kobe Bryant  é o único jogador da NBA a aposentar dois números de camisa pela mesma franquia
Reprodução
Kobe Bryant é o único jogador da NBA a aposentar dois números de camisa pela mesma franquia

Cinco vezes campeão da NBA e dono de um Oscar, Kobe Bryant não se limita apenas ao basquete. Em entrevista ao jornal O Jogo , o ídolo do Los Angeles Lakers deu seu pitaco sobre a Copa do Mundo de 2018. Amigo íntimo de Lionel Messi , o ex-jogador mostrou sua admiração ao português Cristiano Ronaldo. Além disso, afirmou, que se a final for entre as seleções dos dois craques, irá para a Rússia.

Leia também: Kobe Bryant sobre receber o Oscar: "Melhor que ganhar um título"

"Vou acompanhar muitos jogos durante o Mundial e talvez passe uns dias na Rússia para ver algumas equipes jogar. Se for lá, tentarei ir ver um jogo de Portugal. E porque não uma final entre a Argentina do meu amigo Leo Messi e Portugal do Cristiano Ronaldo? Se isso acontecer, pegarei o primeiro voo para Moscou", disse Kobe Bryant .

Leia também: Kobe Bryant choca os fãs da NBA ao aparecer barrigudo em fotos: "Deplorável"

O já aposentado ídolo ainda apostou fichas na seleção portuguesa, alegando que esta poderá ser uma surpresa. “Vai ser uma equipe muito perigosa! Portugal não é só o CR7 , Portugal tem uma equipe muito competitiva e acho que pode fazer um grande Mundial. E porque não ganhar? Já fez algo grande ao vencer a Eurocopa de 2016 e pode estar entre as equipes que vão lutar pelo título”, afirmou.

Não só isso, Kobe ainda elogiou em um jovem atleta de origem portuguesa. " Portugal tem muitos talentos e jovens que podem fazer a diferença, como por exemplo o Bernardo Silva, do Manchester City. Está trabalhando muito bem e aprendendo muito com o Pep Guardiola. Vai ser um craque em breve", garantiu.

Leia também: Kobe Bryant é homenageado e aposenta duas camisas pelo Los Angeles Lakers

Futebol

Na mesma entrevista, o 18 vezes jogador do All-Star Game contou como começou sua ligação com o futebol. Engana-se ainda, quem pensa que foi nos Estados Unidos onde a relação com a chuteira teve início. Quando mais novo, morou na Itália, país no qual seu pai, também ex-jogador do basquete , atuava.

"Passei grandes momentos na Itália. Era muito jovem, mas aprendi sobre a vida, o esporte e a paixão dos italianos pelo futebol . Era um pequeno vindo dos Estados Unidos, que não conhecia nada. Aprendi e cresci muito nesses anos. Ainda falo muitas vezes com as minhas filhas em italiano. Vivia com muitas crianças, apaixonei-me pelo esporte e pelo futebol. Comecei a seguir a Serie A, mas especialmente o Milan, porque lá jogava o Marco Van Basten. Eu adorava o craque", completou Kobe Bryant.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.