Tamanho do texto

Atuais campeões ingleses não conseguem jogar diante do melhor time do país na atualidade, que é fatal e chega à 25ª vitória após 29 rodadas

Mais um jogo do Campeonato Inglês e mais uma vitória do Manchester City. A equipe de Pep Guardiola repetiu o placar do primeiro turno em Stanford Bridge e venceu o Chelsea por 1 a 0, gol de Bernardo Silva, pela 29ª rodada da competição, desta vezno Etihad Stadium. Assim, o clube chega a 27 jogos sem perder em casa - a última derrota foi em dezembro de 2016, justamente para os Blues.

Leia também: Em dia de gol 600 de Messi, Barcelona vence Atlético e volta a abrir oito pontos

Jogadores do Manchester City comemoram o gol de Bernardo Silva que deu a vitória sobre o Chelsea pelo Campeonato Inglês
Reprodução/Twitter/premierleague
Jogadores do Manchester City comemoram o gol de Bernardo Silva que deu a vitória sobre o Chelsea pelo Campeonato Inglês

Com quase 90% de aproveitamento e 83 gols marcados, o Manchester City agora soma 78 pontos na liderança isolada da Premier League. O segundo colocado é o Liverpool, com 60, mas pode ser ultrapassado pelo Manchester United, que tem 59 e joga nesta segunda contra o Crystal Palace. O Chelsea, por sua vez, segue na quinta colocação, com 53 pontos.

O jogo

Apesar de ser o atual campeão inglês, o Chelsea começou a partida em Manchester sem ameaçar os donos da casa. Jogou de forma defensiva na primeira etapa e não conseguiu dar um único chute a gol pela primeira vez desde 2003-04. O City, no entanto, manteve o seu estilo e pressionou muito.

A primeira chance clara de gol foi aos 19 minutos, quando já somava 80% de posse de bola. Sané driblou todo mundo e tocou para o lado, Bernardo Silva trouxe para o pé esquerdo e bateu colocado, mas a bola saiu. A jogada foi muito parecida com a que resultou no primeiro gol na vitória por 3 a 0 sobre o Arsenal.

Leia também: Davide Astori, capitão da Fiorentina, é encontrado morto em hotel

O Chelsea não conseguia sair jogando e os Citizens pareciam jogar com o dobro de jogadores. Aos 26 minutos, Sané recebeu e chutou para vencer Courtois, mas ele não contava com Azpilicueta, que, em cima da linha, salvou o primeiro gol. Aos 41, Otamendi chegou a marcar após passe de Aguero, mas o árbitro anulou, já que o argentino estava impedido.

Se na primeira etapa a meta de Courtois não foi vazada, logo aos 40 segundos da segunda, isso mudou. A bola atravessou toda a pequena área após falha da zaga do Chelsea e Bernardo Silva
chutou para abrir o placar.

O jogo seguiu sendo dominado pelo City, mas a equipe de Guardiola não chegou muito perto do segundo gol, já que o time de Antonio Conte, apesar da partida ruim, estava bem postado atrás. Os atuais campeões ingleses até melhoraram, fizeram substituições ofensivas para tentar ao menos o empate, mas não deu certo. Aos 49, o árbitro encerrou a partida para a 25ª vitória do líder em 29 jogos.

Leia também: Klopp acredita que Firmino merece novo contrato com Liverpool: "Dominante"

Na próxima rodada, o Manchester City encerrará a rodada contra o Stoke City, na segunda-feira, dia 12, fora de casa. O Chelsea receberá o Crystal Palace no sábado, dia 10. Antes, porém, os Citizens receberão o Basel, dia 7, pela partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Na ida, goleada do City por 4 a 0.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.