Tamanho do texto

Meia irlandês Liam Miller foi diagnosticado com câncer no pâncreas em novembro do ano de 2017

Liam Miller é ex-jogador do Manchester United e defendeu o clube entre 2004 e 2006
Reprodução
Liam Miller é ex-jogador do Manchester United e defendeu o clube entre 2004 e 2006

Aos 36 anos de idade, o irlandês Liam Miller faleceu em decorrência de um câncer no pâncreas. O ex-jogador do Celtic, onde iniciou a carreira no futebol profissional, descobriu a doença em novembro de 2017 e desde então, passava por tratamentos nos Estados Unidos e na Irlanda.

Leia também: Clube russo quase contratou Neymar por 10 milhões de euros, mas o achou "frágil"

No Manchester United o meia atuou por duas temporadas, entre os anos de 2004 e 2006, sob o comando do treinador Alex Ferguson. "O Manchester United está profundamente triste por saber da trágica morte de nosso ex-meio-campista Liam Miller. Extendemos nossas condolências aos seus entes queridos neste momento extremamente difícil", escreveu o clube sobre o ex-jogador .

Leia também: Ex-atacante do Vasco, Valdiram vira morador de rua no Rio de Janeiro

"Todos no Celtic estamos profundamente entristecidos após saber da morte do meia Liam Miller. Nossos pensamentos e nossas preces estão com sua família e seus amigos neste momento", lamentou o clube formador do atleta. Para homenagear Liam Miller, os jogadores do Celtic entraram em campo neste sábado (10) com braceletes da cor preta para enfrentar o Partick Thistle pela Copa da Escócia.

Leia também: Real Madrid investiga vida de Neymar e encontra três impasses

Carreira 

Revelado pelo Celtic, depois de sua passagem pelo Manchester United , Liam passou ainda pelo Leeds United, Sunderland e Queens Park Rangers. Depois de alguns anos na Inglaterra, foi para o futebol australiano, onde defendeu o Perth Glory, Brisbane Roar e Melbourne City. O último clube do ex-jogador foi o Wilmington Hammerheads FC, dos Estados Unidos.