Tamanho do texto

Suspeito de ataque com bombas ao ônibus do time alemão, em abril, admitiu a autoria e recebeu 28 acusações. Veja qual a razão para as explosões

Nesta segunda-feira, a corte de Berlim começou o julgamento do suspeito do ataque com bombas ao ônibus do Borussia Dortmund , em abril do ano passado. O indivíduo foi intentificado como Sergei W.

Leia também: Explosão próxima a ônibus do Borussia Dortmund deixa um ferido e jogo é adiado

Atentado a bomba contra o ônibus do Borussia Dortmund, em abril de 2017
DPA
Atentado a bomba contra o ônibus do Borussia Dortmund, em abril de 2017

O suspeito recebeu 28 acusações de tentativa de homicidio com suas bombas . Como consequência de suas ações, Sergei pode ser sentenciado a passar a vida inteira na cadeira, segundo informações da agência Reuters

O autor do crime também revelou o motivo que o levou a realizar tal atentado: dinheiro. Na época em que foi considerado suspeito dos ataques, no dia 11 de abril, ele adquiriu cerca de 15 mil opções ou direitos de venda de ações do Dortmund. Elas estavam em um valor abaixo do preço de mercado por conta das explosões. Assim, ele teria a intenção de vendê-las após as ações recuperarem seu valor normal. Com isso, ele poderia gerar lucros de R$ 13 milhões (3,9 milões de euros).

Leia também: Aposentado das pistas, Usain Bolt anuncia nova carreira em outro esporte

Durante o julgamento, Sergei admitiu o plano e seu advogado revelou que o autor dos ataques não tinha o objetivo de ferir ninguém ou impedir a realização da partida contra o Mônaco. O time alemão estava se encaminhando para o confronto pelas quartas de final da Liga dos Campeões, mas o duelo foi adiado devido as explosões.

Lesão de Bartra

Mesmo não tendo a intençao de ferir nenhum jogador ou membro da comissão técnica do clube, o zagueiro Bartra precisou passar por uma cirurgia na mão e ficou fora dos gramados por mais de um mês. Os estilhaços do vidro do ônibus que causaram a lesão no atleta, que estava sentado no último assento do veículo.

Leia também: Que fase! Gabigol é eleito o pior estrangeiro da Itália na última temporada

No dia do ataque, os torcedores do Mônaco que já estavam no estádio fizeram uma homenagem ao adversário, e o time postou no Twitter. O vídeo mostra os fãs do clube francês demonstrando apoio aos jogadores e a torcida do Borussia Dormund.


    Leia tudo sobre: Futebol