Tamanho do texto

Equipe de Pep Guardiola fez um gol em cada tempo e agora soma 46 pontos em 16 rodadas, 11 a mais que o Manchester United, que estaciona nos 35

O jogo mais esperado do fim de semana europeu terminou com festa azul. Manchester United e Manchester City, vice-líder e líder, se enfrentaram, neste domingo, em Old Trafford, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês e a equipe de Pep Guardiola se deu melhor e venceu por 2 a 1. Esta é a 15ª vitória dos Citizens na competição, o que amplia ainda mais o recorde de melhor início em uma temporada na Inglaterra.

Leia também: Liverpool domina Everton, sai na frente, mas leva empate em pênalti polêmico

Jogadores do Manchester City comemoram vitória sobre o United na casa do rival
Reprodução/Twitter/premierleague
Jogadores do Manchester City comemoram vitória sobre o United na casa do rival

Os gols da partida foram marcados por David Silva, que fez seu 54º em 326 partidas pelo Manchester City , aos 42 minutos do primeiro tempo, e Otamendi, que marcou seu quarto tento e é o defensor que mais balançou as redes na Premier League, aos oito do segundo. Rashford, no fim da primeira etapa, descontou para o United, que segue na segunda colocação, com 35 pontos, 11 atrás do rival e líder isolado. A partida ainda marcou o fim de 40 jogos de invencibilidade dos Diabos Vermelhos em casa.

O jogo

Assim que começou a partida em Old Trafford foi possível perceber quem mandaria no primeiro tempo. Muito recuado e deixando os rivais jogarem, o United pouco fez. Foram diversas oportunidades criadas pelo time de Pep Guardiola, com chances para Gabriel Jesus, Sterling e Sané. Na última, o atacante obrigou o ótimo De Gea a fazer ótima defesa e empurrar para escanteio.

Na cobrança de De Bruyne, Otamendi e Lukaku brigaram e a bola sobrou para David Silva, na pequena área, sem marcação, mandar para as redes, sem chance para o arqueiro espanhol, e abrir o placar no dérbi aos 42 minutos. O United acordou e logo depois deu o primeiro chute a gol. Aos 46, Rojo lançou da esquerda e Delph falhou, a bola sobrou limpa para Rashford, que bateu firme no canto direito e empatou a partida. Mesmo assim, foram apenas três finalizações dos Diabos Vermelhos contra nove dos Citizens, que teve 75% de posse de bola.

No início do segundo tempo, o United tentou ficar mais com a bola, só que sem grandes chances. Aos oito, David Silva cobrou falta pela esquerda, Lukaku tentou afstar, a bola bateu nas costas de Smalling e ficou limpa para o zagueiro Otamendi mandar para o gol e colocar o City em vantagem novamente. Três gols até aqui, três falhas defensivas.

Leia também: Confira como está a classificação do Campeonato Inglês após 16 rodadas

Aos 20 minutos, Lukaku recebeu bom passe, abriu e espaço e chutou forte, mas a bola subiu demais. Quatro minutos depois, De Bruyne arrancou da direita para o meio e chutou rasteiro. A bola tinha endereço certo, mas De Gea caiu para espalmar e evitar o terceiro do City. Aos 30 minutos, Delph falhou mais uma vez e Rashford finalizou forte, mas Ederson fez boa defesa.

Com 39 minutos, Ibrahimovic, que entrou no lugar de Lingard, fez pivô, Mata cruzou na esquerda para Young, que passou de primeira para Lukaku. O belga bateu da pequena área, mas Ederson defendeu de cabeça, no rebote, Mata finalizou, mas o goleiro brasileiro fez outra grande defesa.

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo e o United não soube aproveitar. Em certo momento, o português Bernardo Silva ganhou três laterais seguidos no campo de ataque e fez o tempo passar. Aos 48, novamente Bernardo Silva foi lançado. Ele saiu sozinho na cara do gol, mas demorou para finalizar e quando bateu De Gea fez nova defesa. Aos 49, Michael Oliver encerrou a partida em Old Trafford com vitória do City.

Quem vai parar o City de Guardiola no Campeonato Inglês
Reprodução/Twitter/premierleague
Quem vai parar o City de Guardiola no Campeonato Inglês

Ficha técnica

Manchester United 1 x 2 Manchester City

Local: Estádio Old Trafford, em Manchester, Inglaterra

Data: 10 de dezembro, domingo

Horário: 14h30 (de Brasília)

Árbitro: Michael Oliver

Assistentes: Gary Beswick e Simon Bennett

Cartões amarelos: Rojo, Rashford, Ander Herrera e Young (MUN); Walker, David Silva (MCI)

Manchester United: David de Gea, Valencia, Smalling, Rojo (Lindelof) e Young; Ander Herrera (Juan Mata), Matic, Martial, Lingard (Ibrahimovic) e Rashford; Lukaku.

Técnico: José Mourinho.

Manchester City: Ederson, Walker, Kompany (Gundogan), Otamendi e Delph; Fernandinho, David Silva e De Bruyne; Sterling, Sané (Bernardo Silva) e Gabriel Jesus (Mangala).

Técnico: Pep Guardiola

Leia também: Com boas atuações no Mundial de Clubes, Romarinho ganha destaque no site da Fifa

O próximo compromisso do líder Manchester City no Campeonato Inglês será na quarta-feira, dia 13, contra o Swansea, fora de casa. O Manchester United jogará novamente em casa, contra o Bournemouth, no mesmo dia.

    Leia tudo sobre: futebol