Tamanho do texto

Técnico Jorge Fossati usou os reservas, e time perdeu em casa no primeiro jogo da edição passada

É claro que o Inter gostaria de seguir na Libertadores, mas a eliminação precoce na competição sul-americana deixará o time em melhores condições para encarar o Brasileirão 2011. Falcão poderá escalar o que tem de melhor no sábado, 21h, contra o Santos, na Vila Belmiro. Bem diferente da estratégia usada por Jorge Fossati no ano passado.

O Inter começou a edição de 2010 perdendo em casa para o Cruzeiro por 2 a 1. Muitos titulares foram poupados, em preparação para enfrentar o Estudiantes pelas quartas-de-final da Libertadores. O time naquela época foi a campo com Lauro; Ronaldo Alves, Ronaldo Conceição e Fabiano Eller; Arilton, Glaydson, Guiñazu, Giuliano e Kléber; Taison e Kléber Pereira. Taison fez o gol do Inter. Kléber, duas vezes, marcou para os mineiros.

“Evito comparações. Sou avesso a isso. São situações diferentes, um ano depois. Não gosto de comparar nem time com time e nem jogador com jogador. Futebol é mais complicado por isso”, disse Falcão, que na época ainda era comentarista da TV Globo.

O certo é que ele poderá mandar a campo um time bem mais qualificado. O meia-atacante Andrezinho, machucado, será desfalque por quase um mês . Zé Roberto deve ganhar nova chance. O treinador ainda aguarda por Nei, D´Alessandro e Guiñazu, que saíram do Gre-Nal com pequenas lesões .

“Ainda estou conhecendo os jogadores, até na questão emocional. Como eles reagem na dificuldade, como procedem na celebração. Ainda não tenho tudo isso na minha mão”, explicou Falcão, fazendo a ressalva que essa é uma das desvantagens em relação ao técnico uruguaio que fez todo o trabalho de pré-temporada com o clube no ano passado.

Nesta quarta-feira o treinador começa a decidir quem vai a campo no sábado. Uma tendência tem Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Oscar e D´Alessandro; Zé Roberto e Leandro Damião.

Leandro Damião era reserva em 2010. Agora já joga até pela seleção brasileira
Jefferson Bernardes/Vipcomm
Leandro Damião era reserva em 2010. Agora já joga até pela seleção brasileira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.