Tamanho do texto

Para o meio-campista, confusão em amistoso mostrou que não há racha entre Real e Barça na Furia

selo

Getty Images
Iniesta, com a camisa da Espanha, na conquista da Eurocopa de 2008
O meia Andres Iniesta disse que a briga ocorrida entre jogadores de Espanha e Chile, durante partida amistosa disputada na sexta-feira, em Saint Gallen, provou que não há racha entre os atletas que atuam no Barcelona e no Real Madrid e também defendem a seleção.

Nos momentos finais da vitória da Espanha por 3 a 2 , Iniesta se desentendeu com Arturo Vidal. Em seguida, Alvaro Arbeloa, do Real Madrid, correu para defender o meia do Barcelona e empurrou o jogador chileno. Este ato desencadeou uma confusão generalizada.

"A briga não nos uniu, mas mostrou que todos se dão bem. Temos que parar de alimentar esse debate", disse Iniesta. "Nos defendemos jogando futebol e nos apoiando quando há problema", completou o meia, que marcou um gol e participou da jogada de outro no triunfo, de virada, da seleção espanhola.

Barcelona e Real Madrid disputaram diversas partidas em sequência na última temporada, o que aumentou a rivalidade entre as equipes. Nesta temporada, a decisão da Supercopa da Espanha entre os dois times terminou com uma briga. Por conta disso, houve uma preocupação na Espanha de que os desentendimentos prejudicariam a seleção.

Atual campeã continental, a Espanha volta a jogar pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2012 na terça-feira, em casa, contra Liechtenstein. A equipe campeã mundial lidera o Grupo I, tendo vencido os cinco jogos que disputou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.