Tamanho do texto

Equipe cearense chegou ao seu sexto jogo consecutivo sem vitória na Série B do Brasileirão

O Icasa está mais próximo da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, no Estádio Romeirão, a equipe cearense acabou derrotada por 1 a 0 pelo Boa e somou o seu sexto jogo consecutivo sem vitória na competição.

Após quatro empates e duas derrotas nas últimas rodadas, o Icasa tem 28 pontos ganhos, apenas três à frente da zona de rebaixamento. Já o Boa, ainda sonhando em entrar no grupo de acesso para a Série A, totaliza 35.

Comandado pelo ex-corintiano Márcio Bittencourt, o Icasa até tentou assumir o papel de mandante do jogo deste final de semana, em Juazeiro do Norte, e pressionar o Boa no primeiro tempo. O time mineiro, no entanto, conseguiu controlar o meio-campo e deixar o jogo truncado.Na etapa complementar, o panorama do confronto demorou a mudar. Quando o Icasa lutava contra a falta de criatividade e criava algumas chances de gol, acabou vazado. Aos 40 minutos, Váldson recebeu a bola na área, trombou com a defesa e conferiu.

Na próxima rodada da Série B, o Icasa enfrentará uma equipe também ameaçada de rebaixamento, o São Caetano, no sábado de 24 de setembro, no Estádio Anacleto Campanella. Um dia antes, o Boa receberá o Criciúma, na tentativa de embalar.

Boa Esporte derrotou o Icasa, no Ceará
Futura Press
Boa Esporte derrotou o Icasa, no Ceará

FICHA TÉCNICA
ICASA 0 X 1 BOA ESPORTE

Local : Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE)
Data : 17 de setembro de 2011 (sábado)
Horário : 16h20 (horário de Brasília)
Árbitro : Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes : Izac Márcio da Silva Oliveira (RN) e Valdomiro Antônio de Araújo (RN)
Cartões amarelos : Guto (Icasa); Jean Cléber, Carlos César e Marinho Donizete (Boa Esporte)
Gol : BOA ESPORTE: Váldson, aos 42 minutos do segundo tempo

ICASA : Marcel Pitolo; Luis Henrique, Ramon e Everaldo; Osmar, Eliélton, Guto, Fabio Lima (Giovanni) e Janilson; João Salles e Preto (Diogo França)
Técnico : Márcio Bittencourt

BOA ESPORTE : Luiz Fernando; Carlos César, Thiago Carvalho, Carciano e Marinho Donizete; Claudinei, Jean Cléber (Olívio), Carlos Magno e Ramon; Jheimy e Moisés (Váldson)
Técnico : Nedo Xavier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.