Tamanho do texto

Desde 2004 apenas 14 dos 28 times que terminaram o turno na zona de rebaixamento caíram no fim do ano

AE
Obina foi o grande nome na reação do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro de 2010
Depois de 19 partidas, Atlético-PR , Avaí , Atlético-MG e América-MG foram as quatro piores equipes no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Com desempenho ruim dentro de campo e o péssimo aproveitamento de pontos, são os maiores candidatos ao rebaixamento. No entanto, o histórico do Brasileiro de pontos corridos mostra que muita coisa muda no segundo turno.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Desde que a competição passou a ter quatro times rebaixados, jamais todos os últimos colocados ao final do primeiro turno estavam dentro da zona de degola ao término do Brasileirão. Pelo contrário, de 2004 a 2010 foram 28 equipes que viraram o turno nas últimas posições, porém somente 14 foram rebaixadas. As demais continuaram na Série A no ano seguinte.

Entre para a Torcida Virtual convide seus amigos

Mais uma vez na luta contra o rebaixamento, o Atlético-MG serve de exemplo. Depois de somar apenas 17 pontos em 19 jogos em 2010 , o time mineiro cresceu no segundo turno e somou 28 pontos, terminando a competição com 45 pontos, na 13ª posição e com uma vaga na Copa Sul-Americana.

Veja a zona do rebaixamento no final do turno e no final do Brasileiro:

Ano ZR no final do turno ZR no final do Brasileiro
2004 Guarani , Botafogo, Paraná e Flamengo Criciúma, Guarani , Vitória e Grêmio
2005 São Paulo, Paysandu , Figueirense e Atlético-MG Coritiba, Atlético-MG, Paysandu e Brasiliense
2006 Botafogo, Corinthians, Fortaleza e Santa Cruz Ponte Preta, Fortaleza , São Caetano Santa Cruz
2007  Atlético-PR, Juventude , Náutico e América-RN  Corinthians, Juventude , Paraná e América-RN
2008 Vasco , Santos, Fluminense e Ipatinga  Figueirense, Vasco , Portuguesa e Ipatinga
2009 Santo André , Naútico , Fluminense e Sport  Coritiba, Santo André, Náutico e Sport
2010 G. Prudente , Atlético-MG, Atlético-GO e Goiás  Vitória, Guarani, Goiás e G. Prudente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.