Tamanho do texto

Expulso contra a França, em fevereiro, o jogador havia ficado fora das últimas convocações de Mano Menezes

selo

Getty Images
Hernanes passou muito tempo sem ser convocado devido à expulsão contra a França
De volta à seleção brasileira depois de sete meses, o meia Hernanes espera apagar a má imagem da última vez que foi convocado, quando foi expulso em amistoso contra a França , em fevereiro, após entrada dura em Benzema. Mais tranquilo, o jogador pretende aproveitar os amistosos diante de Costa Rica e México para mostrar o futebol com o qual se destacou na Lazio e se tornar "nome certo" nas convocações do técnico Mano Menezes.

Veja também: Após oito meses, Hernanes volta a ser convocado por Mano

"Um objetivo que eu tenho é me efetivar aqui na seleção. Depois de um tempo sem ser chamado, ser reconvocado me deixou muito feliz. Quero me firmar, ser um nome certo nas convocações e estou preparado, tranquilo, para que este possa ser o ponto de partida", declarou Hernanes, em entrevista ao site da CBF.

Um dos motivos apontados por Mano Menezes para deixar Hernanes tanto tempo longe da equipe foi a mudança de posição . No São Paulo , ele atuava mais como volante, enquanto na Lazio passou a jogar mais avançado, como meia, onde tem mais concorrência na seleção.

Para se firmar na seleção, no entanto, o jogador deixou claro que pode ser escalado onde o treinador quiser. "Agora estou jogando de meia. Fui convocado assim. Na verdade, minha posição favorita é jogar no meio-de-campo, seja como meia ou volante. Não muda muito. Joguei uma temporada inteira na Lazio como meia e estou totalmente adaptado, mas, quando comecei, atuei em várias posições", afirmou Hernanes .

A seleção brasileira está concentrada em San José, onde enfrentará a Costa Rica na sexta-feira. Depois, o Brasil ainda faz amistoso contra o México, na terça, em Torreón. E Hernanes espera ter oportunidade de entrar em campo nos dois jogos para poder conquistar seu espaço no grupo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.