Tamanho do texto

Atacante titular cobra dívida maior do que a de Ronaldinho e ainda indenização por dano material

Vicente Seda
Alex Silva e Deivid foram os primeiros a falar sobre dívidas do clube com jogadores
O atacante Deivid entrou com ação na Justiça contra o Flamengo . O processo de número (0032741-71.2012.8.19.0001) foi impetrado na 37ª Vara Cível pela empresa que cuida dos direitos de imagem do jogador, atrasados há 19 meses. A D9 Marketing e Consultoria Desportiva Ltda cobra também indenização por dano material, já que o "desfalque" ao bolso do jogador já somaria algo entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões.

Deivid entra em campo na noite desta quarta-feira para a segunda partida contra o Real Potosí, pela pré-Libertadores, no Engenhão.

O atacante foi um dos primeiros, ao lado do zagueiro Alex Silva, a confirmar o atraso de pagamentos durante a pré-temporada em Londrina. O fato acabou gerando uma resposta desagradável do vice de finanças Michel Levy, que entrou em novo atrito com Vanderlei Luxemburgo. O treinador defendeu os atletas.

Alex Silva e Deivid, no entanto, tiveram posturas opostas. O zagueiro abandonou a delegação às vésperas do importante jogo de ida contra o Potosí. Já o atacante tinha de levar bronca da comissão técnica para parar de correr em volta do campo, após os treinamentos.

A ação foi distribuída na segunda-feira e o clube ainda não recebeu notificação oficial do processo. Isso aconteceu no caso de Alex Silva, que acabou afastado e também move processo. Porém, o clube já teria colocado em dia com o pagamento com o defensor.

Cópia do processo que a empresa de Deivid move contra o Flamengo
Reprodução
Cópia do processo que a empresa de Deivid move contra o Flamengo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.