Tamanho do texto

Lateral-esquerdo será o responsável por marcar o ex-companheiro de clube no clássico deste domingo

O lateral-esquerdo Léo provocou o ex-companheiro de time, o atacante do Palmeiras , Maikon Leite . O atleta, que chegou visivelmente gripado ao estádio do Pacaembu, declarou que não basta apenas correr para jogar futebol, citando a principal característica de Maikon Leite.

“Futebol não é só correr, tem que pensar. Ele vai correr e eu vou pensar. Espero que o Santos saia vencedor”, disse Léo.

Maikon Leite, que atuou no Santos nas últimas três temporadas, fez questão de visitar o vestiário do Santos em sua chegada ao Pacaembu. Apesar da provocação de Léo, o atacante sempre teve um bom relacionamento com o camisa 3 do Santos, que irá marcá-lo neste domingo.

O lateral-esquerdo Léo, que completou 36 anos nesta semana, utilizou um discurso mais político para falar do atacante Maikon Leite na última quarta-feira, no CT Rei Pelé. Ele que tem condições de superar o atacante na corrida, mas pediu a ajuda dos defensores na marcação.

“Ele é rápido demais. Temos de estar atentos principalmente nas coberturas. Sei a maneira como ele joga, e, por isso, acredito que as coisas podem ficar menos complicadas, mas isso não quer dizer que será fácil”, disse Léo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.