Tamanho do texto

Com 2 a 0, gols de André Lima e Borges, equipe de Renato Gaúcho é o primeiro do Grupo 2

Não foi uma grande atuação. Porém, o Grêmio fez o mais importante na noite desta quinta-feira: ganhou o jogo. A vitória de 2 a 0 sobre o León recuperou o time de Renato Gaúcho , o devolveu à liderança do Grupo 2 e encaminhou a classificação às oitavas de final da Libertadores.

Agora, o time gaúcho terá três dias de folga até reapresentar-se na segunda-feira para começar a preparação à final do primeiro turno do Gauchão, dia 9, contra o Caxias. Só no dia 15, contra o mesmo León, no Peru, volta a disputar o torneio sul-americano.

O jogo
Foi um primeiro tempo típico de Libertadores. O Léon abusou do antijogo: faltas, cera e provocações. Ao aceitar esta proposta, o Grêmio tornou a partida fraca. Mas por qual razão?

A equipe de Renato Gaúcho foi lenta. Com quatro jogadores postados na defesa e outros quatro no meio, o time peruano povoou o campo defensivo. Sem infiltração, o Grêmio não superou a marcação. Borges e André Lima, os dois centroavantes, também tinham dificuldades de movimentação.

André Lima comemora seu gol na vitória do Grêmio
Getty Images
André Lima comemora seu gol na vitória do Grêmio

Então, a tática gremista de trocar passes laterais não deu certo. Menos mal que o León desperdiçou a úncia chance criada. Aos 12 minutos, Orejuela surgiu livre na área e Victor fez boa defesa. Mas o Grêmio não criava nada. Então, a bola parada, uma das principais jogadas, resolveu. Douglas bateu falta lateral, aos 41, e André Lima desviou de cabeça: 1 a 0. Um baita lucro de um primeiro tempo fraco.

Renato não mudou substituiu, porém, mudou o posicionamento de dois jogadores no intervalo. Adilson foi para a esquerda, Carlos Alberto, direita. Com a inversão, Gabriel entrou no jogo. Deu certo.

Carlos Alberto sofreu falta na intermediária do lado direito. Douglas bateu, Araujo derrubou André Lima na área e o juiz marco pênalti. Borges cobrou com perfeição: 2 a 0, aos nove minutos.

Com a desvantagem no placar, o time peruano tentou atacar. Esbarrou na pouca qualidade. A melhor chance foi em jogada de bola parada. Após cruzamento para a área, Rodriguez cabeceou e obrigou Victor a fazer grande defesa.

O Grêmio continuou atacando. André Lima e Borges fizeram grande tabela. O goleiro Flores interceptou cruzamento. Em outro lance, após cruzamento de Gilson, André Lima perdeu gol sem goleiro dentro da pequena área. A partir daí, administrou a vantagem e não teve problemas para ganhar o jogo.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2 X 0 LEÓN

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 20h15min (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Auxiliares : Patricio Basualto e Sergio Román (Chile)
Renda: R$ 612.469,00
Público : 28.605 (25.864 pagantes)

Cartões amarelos: Fábio Rochemback, Gabriel (Grêmio) e Ferrari, Zegarra, Araujo (León).

GOLS:

Grêmio: André Lima, aos 41 minutos do primeiro tempo. Borges, aos nove minutos do segundo tempo

GRÊMIO : Victor; Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo (Mário) e Gilson; Fábio Rochemback, Adilson, Carlos Alberto (Bruno Collaço) e Douglas; André Lima (Escudero) e Borges.
Técnico: Renato Gaúcho.

LEÓN : Flores; Espinoza, Araujo, Cardoza e Soares; Ferrari (Cevasco), Zegarra, Céspedes e Elías (Otalvaro); Orejuela y Gonzales Vigil (Rodriguez).
Técnico: Franco Navarro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.