Tamanho do texto

Presidente Paulo Odone cobrou quebra do jejum de títulos em ano de mudança para Arena

A abertura da temporada 2012 teve de tudo no Grêmio . A torcida matou a saudade dos ídolos a cada chegada de jogador ao Olímpico. Foi possível ver Pablo, um dos oito reforços ir ao estádio a pé, afinal, ainda não comprou carro em Porto Alegre. E, claro, emoção no começo dos trabalhos no ano de despedida do Olímpico.

Mercado da Bola: fique por dentro das últimas negociações do futebol brasileiro

Falando para os 29 atletas que se apresentaram, o presidente Paulo Odone pediu o resgate da “marca” do Grêmio após um 2011 “para ser esquecido”. Falou em nova era, afinal, a mudança para a Arena deve ocorrer em novembro, e prometeu honrar os compromissos com todos – a direção investiu R$ 16,5 milhões e elevou a folha salarial para R$ 6 milhões com as contratações.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Temos que fazer um time forte para este novo estádio. Não fomos bem no último ano. Foi para ser esquecido. O meu pior em cinco mandatos. E nós vamos mudar isso. Alguns jogos nós vamos perder. Mas a questão é como nós vamos ganhar, e como nós vamos perder. O Grêmio formou um grupo com jogadores com a vontade, a ideia fixa da vitória. Essa tem de ser a marca do Grêmio neste ano. Há uma massa de torcedores que são fanáticos por vocês”, disse Odone.

“Vamos honrar nossos compromissos. Isso é sagrado para a gente. E quem banca isso não é o presidente, os vices, os executivos. É o torcedor. Não quero que vocês dêem o que podem dar. Quero que dêem mais que isso, que se superem. Porque é assim que o Grêmio ganha. Se for assim, esquece o resto que a gente resolve. A bola está com vocês”, concluiu o dirigente.

A surpresa na reapresentação foi o centroavante Brandão. Sem futuro definido, não irá para a pré-temporada em Bento Gonçalves a partir de sexta-feira – só fica se prorrogar o empréstimo até o fim do ano com o Olympique. Marcelo Moreno, liberado até dia 9, foi a ausência, afinal, trata da mudança da Ucrânia.

A última conquista nacional do time gaúcho foi a Copa do Brasil de 2001.

Os 29 que se reapresentaram

Goleiros: Victor, Marcelo Grohe, Matheus e Busatto.
Zagueiros: Sorondo, Vilson, Saimon, Pablo e Douglas Grolli.
Laterais: Mário Fernandes, Julio Cesar, Gabriel, Bruno Collaço e Edilson.
Volantes: Fernando, Gilberto Silva, Léo Gago e Fábio Rochemback.
Meias: Douglas, Marquinhos, Marco Antônio, Felipe Nunes e Biteco.
Atacantes: Kleber, Brandão, Leandro, Miralles, Júnior Viçosa e Yuri Mamute.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.