Tamanho do texto

José Mujica outorgou ao técnico da seleção o prêmio Presidência da República Oriental do Uruguai

O Governo do Uruguai homenageou nesta terça-feira o técnico da seleção do país, Oscar Tabárez, que no domingo se proclamou campeão da Copa América, e concedeu-lhe o prêmio Presidência da República Oriental do Uruguai.

Em cerimônia realizada na sede da Presidência uruguaia, o líder do país, José Mujica, outorgou a distinção a Tabárez e agraciou também o presidente da Associação Uruguaia de Futebol, Sebastián Bauzá, e os jogadores Diego Lugano, Juan Castillo e Andrés Scotti. Os três jogadores foram os únicos que compareceram à cerimônia, pois os demais tiveram de se juntar a seus clubes, a maioria europeus, que já começaram a pré-temporada.

O Governo uruguaio também lançou a candidatura de Tabárez como embaixador mundial do esporte pela Unesco. O embaixador uruguaio em Paris e junto à Unesco apresentou, em nome do Governo uruguaio, a candidatura de Tabárez "para outra distinção, que é a de embaixador do esporte mundial", indicou em entrevista coletiva o ministro de Turismo e Esportes, Héctor Lescano, após a cerimônia. Após agradecer pelas homenagens, Tabárez afirmou que "nem nos sonhos mais otimistas" imaginava chegar ao lugar onde se encontra, algo que foi possível graças a muitas pessoas que "vestiram a camisa" da seleção. "Uma das maiores culturas futebolísticas que há no mundo é a do Uruguai, na América do Sul somente comparável à da Argentina e do Brasil", ressaltou o técnico. EFE rac/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.