Tamanho do texto

Arqueiro diz que recebeu proposta da Roma, mas não se mostrou disposto a sair do clube milanês

O goleiro da seleção brasileira Júlio César afirmou que permanecerá na Inter de Milão até o encerramento do seu contrato, em junho de 2014. "Quero ganhar do Milan na Supercopa da Itália, voltar a ganhar o Campeonato Italiano e levantar de novo a Liga dos Campeões da Europa", expressou o brasileiro, em entrevista publicada nesta segunda-feira pela "Gazzetta dello Sport".

"Decidi que ficarei na Inter até junho de 2014, quando termina meu contrato com o clube. Não há mais o que falar. Quero que meu nome desapareça das páginas dedicadas às contratações: nada de que posso ir à Roma , nada do Manchester United , nada de nada", afirmou.

Júlio César reconheceu que recebeu propostas de outras equipes, como a Roma, que busca um goleiro para substituir o também brasileiro Doni . "É verdade, a Roma tateou o terreno porque estavam interessados em mim", contou.

Júlio César falhou nos últimos jogos pela Inter de Milão, mas segue como titular da seleção brasileira
Getty Images
Júlio César falhou nos últimos jogos pela Inter de Milão, mas segue como titular da seleção brasileira
O goleiro da Inter de Milão também elogiou o técnico Leonardo. "Um técnico formidável, que suportou as ofensas dos torcedores do Milan. Podia ter perdido a cabeça e reagido de maneira equivocada, mas não deu importância. Ele é tudo, menos um traidor", manifestou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.