Tamanho do texto

Goleiro errou no segundo gol de Portugal no Mundial sub 20, mas depois salvou a seleção na prorrogação. Brasil levou o penta

O goleiro Gabriel cometeu uma falha neste sábado e correu o risco de virar o vilão da decisão do Mundial sub 20, mas se redimiu no jogo ao fazer defesas importantes na vitória por 3 a 2 do Brasil sobre Portugal . Herói de outros compromissos da seleção brasileira na competição, o camisa 1 adotou a humildade para reconhecer o erro na decisão.

"Esta partida vai marcar minha história, porque aconteceu aquela falha. Eu assumo que errei, não tenho como negar. Mas depois me redimi, porque, se tomasse aquele outro gol, poderia ser uma catástrofe para nosso campeonato", afirmou.

Gabriel errou no segundo tento dos portugueses, quando Nelson Oliveira chutou rasteiro e viu a bola passar por baixo do goleiro brasileiro. Porém, na prorrogação, o camisa 1 salvou a seleção ao interceptar um chute livre de Caetano.

Na comemoração do título deste sábado, o brasileiro citou a derrota da seleção canarinho nos pênaltis na edição de 1991 do Mundial Sub-20, quando os portugueses triunfaram.

"É muita felicidade. Estamos marcados para a história agora, foi muito melhor do que em 91", completou Gabriel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.