Tamanho do texto

Após liberar Fucile, clube português só aguarda a liberação da transferência de Danilo para registrar o brasileiro

Fucile (à direita) disputa bola com Alexis Sánchez em jogo entre Uruguai e Chile
Getty Images
Fucile (à direita) disputa bola com Alexis Sánchez em jogo entre Uruguai e Chile
Como antecipou o iG na última segunda-feira, o Porto recuou e aceitou liberar o lateral-direito uruguaio, Fucile. O jogador, que não estava sendo aproveitado no clube português, ficará por empréstimo no Santos até o final desta temporada, com opção de prioridade de compra aos santistas.

Leia mais: Cruzeiro confirma contato com Santos para troca por Ganso

Como o empréstimo foi gratuito, o Santos pagará apenas o salário do atleta, que deve receber cerca de R$ 130 mil mensais, mesmo ordenado do meia Paulo Henrique Ganso no clube.

Após o acerto entre Fucile e Santos , o Porto esperava apenas a confirmação da diretoria santista em relação à liberação da CIT (Certificado Internacional de Transferência) do lateral-direito Danilo . Sendo assim, o clube português deve registrar o jogador ainda nesta terça-feira.

Veja ainda: Bruno Aguiar acerta com o Sport-PE por duas temporadas

O Porto ameaçou a entrar na Fifa para exigir a liberação de Danilo , já que o contrato obrigava o Santos a liberar o atleta no dia 31 de dezembro de 2011.

Saiba as últimas novidades sobre o Mercado da Bola

O iG revelou com exclusividade que o lateral uruguaio foi um pedido da diretoria santista para liberar Danilo . No início, o Porto estava relutante e não aceitou a transação, que foi amenizada após uma conversa entre os dirigentes na noite da última segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.