Tamanho do texto

Treinador negou boicote dos jogadores ao seu trabalho e comemorou vitória sem o camisa 10, que estava suspenso

Luxemburgo comemora vitória do Flamengo sobre o América-MG neste sábado
AE
Luxemburgo comemora vitória do Flamengo sobre o América-MG neste sábado
Principal ausência do Flamengo na vitória de 2 a 1, neste sábado, sobre o América-MG , Ronaldinho Gaúcho foi lembrado por Vanderlei Luxemburgo. O técnico comemorou o fato do time conseguir ganhar uma partida pelo Campeonato Brasileiro sem o camisa 10, que estava suspenso.

“Foi muito bom vencer sem o Ronaldinho . Claro que ele faz falta, mas é importante porque você cria outras situações e mostra que tenho todo o elenco à disposição. É importante também para os demais jogadores perceberem que podemos caminhar quando não tivermos ele”, explicou o treinador.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

É importante também para os demais jogadores perceberem que podemos caminhar quando não tivermos ele (Ronaldinho).

Durante os 48 dias sem vitórias, Vanderlei Luxemburgo teve seu trabalho muito contestado . Após a vitória deste sábado, o técnico disse que o que mais lhe incomodou durante a seca foram as notícias, segundo ele mentirosas, de que ele teria sido boicotado pelos jogadores.

Um dos responsáveis pela mudança de comportamento da equipe no segundo tempo, Diego Maurício , que entrou no intervalo, ganhou elogios e um baita puxão de orelhas do treinador.

“O Diego Maurício é um jogador de muita qualidade. Mas ele precisa descobrir isso. Não adianta só eu querer, ele tem que querer muito mais. Ele tem que fazer o que fez hoje, correr e procurar o jogo. Eu fiz um coletivo outro dia e ele ficou 26 minutos sem tocar na bola. Como pode um garoto de 18 anos passar tanto tempo sem participar do jogo? Ninguém quer ele fora do Flameng o, mas cabe a ele querer. O futebol é muito bom para todos nós, é uma maneira de melhorar de vida. Eu mesmo melhorei a minha, mas as pessoas precisam querer”, disse.

Veja imagens da vitória do Flamengo sobre o América-MG:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.