Tamanho do texto

Anderson, Wellington Nem e Araújo marcam na vitória por 3 a 0 e o time conquista a segunda vitória na Taça Guanabara

O Fluminense sofreu durante setenta minutos na estreia de seu time titular na temporada 2012, mas acabou deslanchando e derrotou o Volta Redonda por 3 a 0, no estádio Raulino de Oliveira. Anderson , Wellington Nem e Araújo marcaram para o Tricolor, que dorme na ponta isolada do Grupo B da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual, com seis pontos.

Confira a classificação da Taça Guanabara

O Volta Redonda iniciou a partida com muita disposição e buscando abrir vantagem no placar. Com uma marcação sobre pessão na saída de bola do adversário e uma forte pegada no meio de campo, não deixava o Fluminense trabalhar, mas não conseguia claras oportunidades de gol.

Veja também: Reservas do Flamengo empatam sem gols com Macaé

O Fluminense, por sua vez, mostrava desentrosamento na primeira partida com o time titular na temporada, e a estreia de Bruno , Anderson e Wágner .

O Jogo

Mesmo com mais posse de bola, o Volta Redonda quase foi surpreendido aos nove minutos após uma bobeada na defesa. João Paulo erra passe e Fred aparece na cara do gol e dá um bico, mas Douglas faz boa defesa.

Aos 14, o time do interior chegou perto quando Tiago Costa invadiu a área e mandou uma bomba, que acertou a rede pelo lado de fora. Mas o ímpeto do Volta Redonda diminuiu a partir daí.

Assim, a categoria do Flu começou a se destacar, e a equipe de Abel Braga teve um gol anulado aos 16 minutos, quando Fred acertou o gol em posição irregular. Mas a grande chance da primeira etapa aconteceu somente aos 44, após jogada de Carlinhos pela esquerda. O lateral cruzou rasteiro para Fred, que se antecipou à zaga, mas bateu por cima do gol de Douglas.

Jogadores do Fluminense comemoram terceiro gol da vitória sobre o Volta Redonda
AE
Jogadores do Fluminense comemoram terceiro gol da vitória sobre o Volta Redonda

A história do jogo no segundo tempo foi bem diferente. Com as equipes mais desgastadas, o duelo ficou mais aberto, e as duas equipes chegavam com mais facilidade perto do gol adversário.

O Flu voltou melhor e pressionava o Volta Redonda, mas curiosamente foi o time do interior que assustou primeiro, nas suas duas melhores chances do jogo. Aos dez minutos, Rodrigo Thiesen penetrou na área e bateu cruzado. A bola passou por Cavalieri mas ninguem apareceu para empurrar, e Leandro Euzébio cortou em cima da linha. Três minutos depois, Vinícius Mineiro recebeu de frente para o gol, mas em vez de bater de primeira, acabou se atrapalhando e perdeu chance incrível.

O gol do Fluminense finalmente saiu aos 26, numa cobrança de escanteio. Wagner levantou na área e o zagueiro Andreson se antecipou ao goleiro e mandou para o fundo das redes.

O jogo ficou ainda mais solto, e o Fluminense não demorou para ampliar. Aos 30, Wellington Nem, que havia acabado de entrar no lugar de Rafael Sóbis, recebeu de Edinho na área, dominou e tocou na saída do goleiro para fazer 2 a 0.

E não ficou por aí. Antes do apito final, o mesmo Wellington Nem levantou na segunda trave e Araújo manda para o fundo do gol, fechando o placar.

Na próxima rodada, o Fluminense, desta vez como mandante, volta a jogar no Raulino de Oliveira diante do Boavista, na quarta-feira. Já o Volta Redonda recebe o Americano de Campos no dia seguinte, no mesmo local.

FICHA TÉCNICA - VOLTA REDONDA 0 X 3 FLUMINENSE
Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data: 28 de janeiro de 2012, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Renda: R$ 75.410,00
Público: 5.333 presentes (4.110 pagantes)
Árbitro: Luis Antonio Silva Santos
Assistentes: Dibert Pedrosa e Luiz Antonio de Oliveira
Cartões Amarelos: Deco (Flu)
Gols:
FLUMINENSE:
Anderson, aos 26, Wellintom Nem, aos 30, e Araújo, aos 45min do 2o tempo

VOLTA REDONDA: Douglas, Marquinhos, Naldo, Robson e Tiago Costa; Rodrigo Thiesen, Juninho (Manteiga), Rafael Granja (Glauber) e Vinícius Mineiro; João Paulo e Jhonnattann.
Técnico: Ricardo Drubscky

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Wagner (Jean), Deco (Araújo) e Rafael Sobis (Wellington Nem); Fred
Técnico: Abel Braga

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.