Tamanho do texto

Treino físico foi uma repetição da atividade de quinta-feira. Argentino sentiu muito incômodo no pé

A chuva forte que atingiu o município de Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro, reduziu o número de torcedores que acompanharam o treinamento do Fluminense na tarde desta sexta-feira, em um hotel da região. Porém, se por um lado, o técnico Abel Braga teve mais privacidade para trabalhar, por outro, os jogadores sofreram com uma atividade física com o campo mais pesado e os novos reforços também não apareceram.

Mercado da Bola: Veja as últimas transferências dos clubes brasileiros

Quem mais sentiu dificuldade na atividade foi o argentino Martinuccio . O atacante reclamou que o tênis que estava usando para correr pelo circuito, montado pelo preparador físico Cristiano Nunes, estaria dando bolhas no seu pé. O jogador teve que retirar o calçado e preparar uma 'botinha' com faixa e esparadrapo para poder voltar ao treinamento sem dores.

Leia mais: Abel Braga diz que filho terá vida dura nos profissionais

Argentino Martinuccio (à dir.) sofreu com bolhas no pé no treinamento desta sexta
Photocamera
Argentino Martinuccio (à dir.) sofreu com bolhas no pé no treinamento desta sexta

Os novos reforços, o volante Jean, ex-São Paulo, e o lateral-esquerdo Thiago Carleto , que estava no América-MG, mas também pertence ao time paulista, não apareceram. A dupla deve chegar neste sábado, quando a equipe treina na parte da manhã, às 9h30. O novo gerente de futebol do Fluminense, Rodrigo Caetano , também deve chegar a Mangaratiba nos próximos dias, com previsão de ser apresentado na segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.