Tamanho do texto

Time faz 1 a 0 no Universitário, com gol de Renato, e Luxemburgo acena com alterações, aprovando entrada de Negueba e Muralha

Repetindo a atuação pífia no amistoso contra o Corinthians, dia 15, em Londrina, quando os titulares deixaram o primeiro tempo perdendo por 2 a 0, com apenas um chute a gol, de Luiz Antonio, aos 43 minutos, o Flamengo pouco conseguiu fazer nesta sexta-feira diante de adversário bem inferior, o Universitário de Sucre.

Leia mais: Ronaldinho Gaúcho recebe condecoração de Evo Morales em Sucre

A primeira finalização só veio aos 35 minutos, em chute sem direção de Willians. O placar de 1 a 0 foi garantido aos 9 minutos do segundo tempo, em bela jogada individual de Leonardo Moura, que pareceu ignorar os efeitos da altitude. Ele limpou vários adversários antes de tocar para Renato, livre, tirar o zero do marcador.

Veja ainda: Luxemburgo perde até a palavra final em contratações no Flamengo

Ronaldinho Gaúcho era aplaudido a cada toque na bola, mas pouco fez. A ineficiência era tal que a torcida chegou a gritar "olé" para o toque de bola do time boliviano. Depois dos primeiros 45 minutos, Vanderlei Luxemburgo trocou Deivid por Negueba e Aírton por Muralha para os 20 minutos finais. A equipe melhorou e o técnico aprovou as mudanças, dando sinais de que o time para o jogo contra o Potosí, no dia 25, pela pré-Libertadores, pode ter alterações.

Confira também: Flamengo tenta Douglas para substituir Thiago Neves

Antes da partida, Ronaldinho Gaúcho foi homenageado com uma medalha. O Estádio Olímpico da Pátria, com capacidade para 40 mil pessoas, esteve praticamente lotado. A entrada para o jogo-treino foi um quilo de alimento não perecível.

“Gostei de tudo o que eu vi. Até os erros que aconteceram, normais para quem está se adaptando à altitude, à velocidade da bola, à grama baixa. Gostei das alterações. É uma ideia que pode acontecer no jogo. Pode ser que comece dessa forma, gostei da duas mudanças, deram mais velocidade no segundo tempo. Vou ver como os jogadores que chegarão do Rio estarão”, analisou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.