Tamanho do texto

Clube carioca poderia assumir dívida da Traffic com o atleta para manter o jogador no elenco

Gazeta Press
Flamengo e Traffic travam briga pela situação de Ronaldinho no clube
Na próxima sexta-feira haverá mais uma reunião entre a diretoria do Flamengo e representantes da Traffic para tentar resolver a situação do meia-atacante Ronaldinho Gaúcho .

Leia também: Com Traffic pessimista, Flamengo traça plano B por Ronaldinho

Nesta segunda-feira, aconteceu o primeiro encontro em busca da conciliação e o Flamengo espera um final feliz na negociação, com a empresa depositando os R$ 3 milhões devidos ao jogador, que não recebe o repasse da Traffic há quatro meses.

Bernardo Amaral, que deve assumir a vice-presidência de futebol do rubro-negro, participou da reunião e disse que o acordo está muito próximo, mas afirmou que, se acontecesse qualquer problema, o Flamengo se responsabilizaria pelo pagamento a Ronaldinho, pois o interesse da diretoria é continuar com o atleta a qualquer preço.

E ainda: Antes da pré-Libertadores, Flamengo fará jogo treino com time da Bolívia

Outro problema que o time carioca tenta solucionar neste final de ano é a situação de Thiago Neves. Segundo o dirigente Luiz Augusto Veloso, ele entrou em contato com um representante do Al Hilal, clube que detém os direitos econômicos do meia, e sentiu receptividade por parte dos interlocutores para continuar a negociação.

O empresário Léo Rabello confirmou a posição do clube árabe, mas ressaltou que o Flamengo perdeu a prioridade para comprar o jogador. Por isso, o Rubro-negro está na mesma situação dos outros clubes que estão interessados no atleta. O Flamengo manteve a proposta de pagar o valor pedido pelos árabes em 18 meses, ideia que não seduz a direção do Al Hilal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.